Piauí

Lucy Soares critica pressa do governo para votar reforma na Alepi

A proposta foi apresentada no dia 3 de dezembro na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), tramita em regime de urgência e o governo espera a votação nessa semana.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

A deputada estadual Lucy Soares (PP) criticou nessa terça-feira (10) a pressa do governador Wellington Dias (PT) para votar a reforma de Previdência. A PEC 03/2019 (Proposta de Emenda Constitucional) que foi apresentada no dia 3 de dezembro na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), tramita em regime de urgência e o governo espera a votação nessa semana.

Os deputados Gustavo Neiva (PSB), Marden Menezes (PSDB), Teresa Britto (PV) e Lucy Soares haviam ingressado no Tribunal de Justiça do Piauí com um mandado de segurança para a suspensão da tramitação da reforma da previdência. Eles chegaram a conseguir uma liminar, mas ela foi derrubada na segunda-feira (9) pelo ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal.

  • Foto: Alef Leão/GP1Lucy SoaresLucy Soares

Agora que a proposta vai voltar a tramitar normalmente, Lucy Soares defendeu mais discussão em relação as mudanças que estão sendo apresentadas. “A minha posição continua a mesma, precisamos nesse momento discutir essa PEC, pois vai atingir aproximadamente 90 mil servidores públicos estaduais, entre ativos e inativos. Discutir de forma ampla, qualificada para que possamos votar com serenidade e coerência. Acho que tem que ter essa discussão e que a gente possa melhorar o texto, pedir a compreensão do Governo do Estado, para que as classes e os deputados possam fazer essas emendas”, afirmou.

A parlamentar ainda criticou o posicionamento do governo que já manifestou que pretende votar a proposta ainda nessa semana. “Acredito que muitos servidores públicos estaduais não têm conhecimento do que está dentro desse pacote. A nível federal foi discutido em aproximadamente 9 meses, aqui querem se discutir em 9 dias. Isso não pode ser, então acho que precisamos sim adiar essa discussão para poder votar de forma serena. Acho que todos querem sim uma discussão. Porque a pressa?”, questionou.

Mesmo fazendo parte da base do governo, Lucy Soares tem feito várias críticas à administração de Wellington Dias. Ela voltou a afirmar que não faz oposição ao governador e que atua de forma independente.

“Essa questão de oposição não é verdade, quando teve a reforma administrativa, eu votei a favor do governo, então sempre que o governo botar matérias a favor do povo piauiense, eu vou votar a favor. Eu não sou oposição, estarei sempre a favor do povo, então se eu ver alguma coisa que eu achar errado, eu vou propor mudanças, pois é uma forma de contribuir com o governo. Eu sou independente, me direciono a favor do povo”, destacou a deputada estadual.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Toffoli derruba liminar e autoriza votação da Previdência na Alepi

Desembargador suspende votação da reforma da Previdência na Alepi

Alepi recorre contra decisão do TJ que suspendeu votação da Previdência

Themístocles diz que decisão do TJ suspendendo votação foi equivocada