Teresina - PI

Mototaxista baleado na cabeça em tentativa de assalto morre no HUT

O crime ocorreu próximo ao Supermercado Carvalho da Avenida Barão de Gurguéia, zona sul de Teresina, na noite dessa terça-feira (16).

Brunno Suênio
Teresina
Laura Moura
Teresina
- atualizado

O mototaxista Ariosvaldo Vieira de Sousa, baleado na cabeça durante uma tentativa de assalto na noite dessa terça-feira (16), sofreu uma parada cardiorrespiratória na manhã desta quarta-feira (17) e veio a óbito às 7h. A informação foi confirmada ao GP1 pela assessoria de comunicação do Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

O crime ocorreu próximo ao Supermercado Carvalho da Avenida Barão de Gurguéia, zona sul de Teresina.

  • Foto: Arquivo PessoalAriosvaldo Vieira de SousaAriosvaldo Vieira de Sousa

De acordo com a Polícia Militar, por volta de 22h da noite de ontem um homem tentou roubar a motocicleta de uma pessoa, próximo ao Supermercado Carvalho, quando populares perceberam a ação e partiram para cima do acusado, que reagiu e efetuou um disparo, que acabou atingindo a cabeça de Ariosvaldo Vieira de Sousa, conforme explicou o cabo Leonardo do 1º BPM. “Ele foi assaltar um transeunte e várias pessoas que estavam próximas partiram para cima dele. Ele então atirou e acabou acertando a vítima”, relatou o policial.

Testemunhas que estavam no local socorreram a vítima até o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) em estado grave. Os policiais do 1º BPM estão desde ontem em diligências para tentar identificar o acusado, que até o momento está foragido.

Com a confirmação do óbito do mototaxista, as investigações sobre o caso serão conduzidas agora pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa – DHPP.

Comando da PM se manifesta sobre o caso

Em entrevista ao GP1 na manhã desta quarta-feira (17), o comandante da Polícia Militar do Piauí, coronel Lindomar Castilho, lamentou a morte do mototaxista Ariosvaldo Vieira de Sousa e informou que a corporação continua em diligências afim de identificar, prender e apresentar o (s) acusado (s) de praticar o crime, como também dar uma resposta para a sociedade.

“Desde ontem, estamos com o pessoal fazendo diligências para tentar identificar e localizar as pessoas e prendê-las, como temos feito em todos os casos, e eu não tenho dúvidas que logo mais será apresentado e preso, para que a Polícia Civil tome as providências. Eu quero lamentar essa morte, porque quando um cidadão morre, nós lamentamos profundamente. Também dói na gente, pois temos essa responsabilidade de defender o povo. Mas, o que cabe a polícia é fazer as diligências, como estamos fazendo agora, identificar, prender e apresentar. É o que será feito nas próximas horas”, afirmou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mototaxista é baleado na cabeça na Avenida Barão de Gurguéia

Estado de saúde de mototaxista baleado na cabeça em Teresina é grave

Mais conteúdo sobre: