Teresina - PI

Padre Tony Batista vai deixar o comando da Paróquia de Fátima

“Em abril eu deixo a paróquia porque já chega de administração de coisas grandes e pesadas. E continuo como vigário geral da Arquidiocese de Teresina", explicou.

Jonas Carvalho
Teresina
- atualizado

O vigário geral da Arquidiocese de Teresina, Tony Batista, comunicou que vai deixar a Paróquia de Fátima em abril de 2020. Em entrevista ao GP1, nesta segunda-feira (09), o padre afirmou que é hora de ‘passar a mochila’ a frente e vai procurar uma capelania de menor porte na Capital.

“Em abril eu deixo a paróquia porque já chega de administração de coisas grandes e pesadas. E continuo como vigário geral da Arquidiocese de Teresina. O bispo não tem nada a ver com isso, eu que renunciei. O bispo não faz ninguém renunciar. O bispo transfere. Eu não fui transferido e nem vou”, explicou o padre.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Padre Tony Batista na 24ª Caminhada da FraternidadePadre Tony Batista

O nome escolhido para comandar a Paróquia de Fátima foi o do padre Amadeu, que atua na Igreja de Nossa Senhora das Candeias, localizada no bairro Morros, na zona leste. Tony Batista destacou os anos de atuação sob direção da igreja, além da Caminhada da Fraternidade, que acontece anualmente na cidade.

“Eu vou procurar uma coisa menor, uma capelania para ficar assistindo. Ainda está longe, só em abril. Fui o padre que mais passou à frente da paróquia. Foram 45 anos, que vou completar agora. Já é hora de passar a mochila”, finalizou.

Mais conteúdo sobre: