Teresina - PI

PCdoB diz que vê com estranheza operação da PF contra Rejane Dias

Conforme a nota, o presidente do PCdoB destacou que o partido entende que toda investigação deve ser conduzida pelo respeito à lei e aos direitos humanos.

Davi Fernandes
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O presidente do Diretório Estadual do PCdoB do Piauí, José Carvalho, emitiu nota, nesta segunda-feira (27), em apoio ao governador Wellington Dias (PT) e à deputada federal Rejane Dias (PT), ex-secretária de Educação, que foi alvo da 3ª fase da Operação Topique da Polícia Federal (PF), que investiga irregulades na Seduc. Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão.

Conforme a nota, o presidente do PCdoB destacou que o partido entende que toda investigação deve ser conduzida pelo respeito à lei, aos direitos humanos e pela preservação das garantias constitucionais, levando em conta a presunção de inocência.

“O PCdoB presta sua solidariedade ao governador Wellington Dias, à deputada federal Rejane Dias e à sua família e expressa a sua confiança na condução correta do seu governo ao passo em que acompanha, como toda a sociedade piauiense, o andamento das investigações nos estritos limites da lei”,diz trecho da nota.

  • Foto: Lucas Dias/GP1José CarvalhoJosé Carvalho

Confira a nota na íntegra:

O Governador do Estado do Piauí, Wellington Dias, sua esposa Deputada Rejane Dias e sua família foram surpreendidos, em sua residência hoje pela manhã, por operação da Polícia Federal no âmbito da investigação de ações da Secretaria de Educação do Piauí, denominada Operação Topique.

O PCdoB do Piauí tem plena confiança na forma transparente e no respeito aos princípios da administração pública que sempre nortearam o comportamento público e pessoal do político, do gestor público e do cidadão Wellington Dias e da deputada Rejane Dias.

Em um momento em o Governo do Piauí apresenta à população do seu Estado um audacioso Programa de Educação, com os recursos do Fundef, resgatados pelo governo estadual, vemos com estranheza operação policial dessa magnitude.

O PCdoB entende que toda e qualquer investigação deve se pautar pelo respeito à lei, aos direitos humanos e preservação das garantias constitucionais dos princípios do devido processo legal e da presunção de inocência.

Dessa forma, o PCdoB presta sua solidariedade ao Governador Wellington Dias, à Deputada Federal Rejane Dias e à sua família e expressa a sua confiança na condução correta do seu governo ao passo em que acompanha, como toda a sociedade piauiense, o andamento das investigações nos estritos limites da lei.

A operação

Segundo a Polícia Federal, as ações de hoje são uma continuidade as investigações realizadas pela operação Topique, ocorrida em agosto de 2018, e a operação Satélites, ocorrida em setembro de 2019.

Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão com objetivo de aprofundar as investigações a respeito do recebimento e solicitação de bens e valores, diretamente ou por intermediários, por agentes públicos com poder de comando na Seduc.

Mandados foram cumpridos na Secretaria Estadual de Educação (Seduc), na residência da ex-secretária de Educação Rejane Dias (PT) e no gabinete da deputada na Câmara.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Deputado Evaldo GomesDeputado Evaldo Gomes

Solidariedade

O deputado estadual Evaldo Gomes também se pronunciou, por meio de nota, sobre o ocorrido e se solidarizou com o governador Wellington Dias e com a deputada Rejane Dias.

“O Partido Solidariedade do Piauí se solidariza com o governador do Estado Wellington Dias (PT-PI) e família, diante do ocorrido em sua residência, fato que ataca de frente os direitos legais garantidos pela nossa constituição e a privacidade da família. Por esse, vimos a público salientar a importância do respeito a inviolabilidade da privacidade familiar, a preservação das garantias constitucionais e dos princípios do devido processo legal e da presunção da inocência.

Não compactuando com operações midiáticas que possam destoar dos devidos objetivos processuais legais. O Solidariedade do Estado do Piauí reconhece os comportamentos transparentes na gestão de Wellington Dias e segue firme e confiante na boa condução do processo legal, bem como num desfecho justo.

Acreditamos na boa justiça e na seriedade do Governador, ao mesmo tempo que acompanharemos tudo, juntamente com a sociedade piauiense, focados no devido cumprimento de nossa carta magna”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Operação Topique: PF apura desvio de R$ 191 milhões da Seduc

Governador Wellington Dias chama Operação Topique de 'espetáculo'

Operação Topique: deputada Rejane Dias afirma que está à disposição da PF

PF deflagra 3ª fase da Operação Topique e cumpre mandados na Seduc