Polícia

Polícia deflagra operação Péssimo Negócio e prende 3 pessoas em Teresina

A ação policial resultou na prisão de uma mulher identificada pelas iniciais E.K. e outras duas pessoas que não tiveram a identidade revelada.

Jonas Carvalho
Teresina
- atualizado

A Polícia Civil do Piauí deflagrou nessa quarta-feira (11), em Teresina, a "Operação Péssimo Negócio", por meio da Delegacia de Repressão aos Crime de Informática, com apoio da Gerência de Polícia Especializada e Diretoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública. A ação policial resultou na prisão de uma mulher identificada pelas iniciais E.K. e outras duas duas pessoas que não tiveram a identidade revelada.

De acordo com a polícia, os indivíduos atuavam na produção de falsos comprovantes de pagamento e realizando negociações. Além deles, também foi preso um motorista de aplicativo, que foi liberado logo em seguida. Segundo levantamento da polícia, já são mais de 20 vítimas somente nos procedimentos finalizados.

O golpe consistia em realizar falsas compras em sites e aplicativos de negociação direta usando a identidade das vítimas. Com isso, por meio de atividades investigativas de campo e diligências em ambiente cibernético, a Polícia Civil conseguiu identificar mais de 15 vítimas no Piauí, bem como localizar os envolvidos nos crimes.

A operação tem por objetivo dar cumprimento a dois mandados de prisão preventiva e um de prisão temporária de investigados pelos crimes de estelionato e associação criminosa. Ainda de acordo com a Polícia Civil, os alvos das investigações integravam uma associação criminosa que praticava golpes na Capital.

Mais conteúdo sobre: