Curralinhos - PI

Prefeito Alcides Oliveira proíbe atos de campanha em Curralinhos

Conforme o gestor, as medidas preventivas tem o propósito de barrar o contágio da covid-19 (coronavírus).

Fábio Wellington
Teresina
- atualizado

O prefeito Francisco Alcides Machado Oliveira, do município de Curralinhos, distante 90 km de Teresina, publicou nesta terça-feira (27), um decreto proibindo a realização de eventos de campanha eleitoral pelo prazo de 15 dias. Conforme o gestor, as medidas preventivas tem o propósito de barrar o contágio da covid-19 (coronavírus).

Segundo o documento, estão proibidos eventos que ocasionam aglomerações de pessoas, como reuniões comícios, caminhadas carreatas, motocadas e demais eventos políticos ou atos de propaganda eleitoral. O decreto entrou em vigor nesta segunda-feira 26 de outubro, e tem validade até 10 de novembro.

O decreto suspende também pelo mesmo período de atividades em praças, estádios, campos de futebol ou outros espaços acessíveis ao público, que propiciem aglomerações, sejam eles de propriedade pública ou particular.

A fiscalização dos locais será feita através da Vigilância Sanitária, que intensificará as medidas educativas de conscientização da população sobre os cuidados preventivos da covid-19. Quem desobedecer o decreto pode ser multado em valores que vão a partir de R$ 500 até R$ 15 mil.