Teresina - PI

Prefeito Firmino Filho pede empréstimo de R$ 200 milhões

Segundo a Graça Amorim, o documento não prejudica a capacidade de endividamento do município.

Jonas Carvalho
Teresina
Germana Chaves
Teresina
Andressa Martins
Teresina
- atualizado

O prefeito Firmino Filho (PSDB) encaminha na próxima quinta-feira (14) um novo pedido de empréstimo para a Câmara Municipal de Teresina. Avaliado em R$ 200 milhões, os recursos tem como objetivo investir na área da Educação com a construção de escolas de tempo integral.

A líder do prefeito na Casa, vereadora Graça Amorim (PMB), explicou ao GP1 que a construção de escolas de tempo integral oportuniza o mercado de trabalho para os pais que precisam deixar as crianças na escola.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Graça AmorimGraça Amorim

“Então, mais do que nunca a gente vê a dedicação do prefeito Firmino Filho voltada para essa área educacional. É um empréstimo de 50 milhões de dólares, que chega a 200 milhões de reais e é para a construção de escolas de tempo integral. Ou seja, vai fazer uma concentração do alunado. Tudo isso também vai reduzir custos. Quando se instala uma escola de tempo integral significa oportunizar no mercado de trabalho vagas de emprego inclusive para os pais que podem deixar os seus filhos o dia todo na escola”, explicou a parlamentar.

No último dia 22 de outubro, a Casa aprovou em primeira votação a aquisição de quase R$ 30 milhões para a compra de câmeras de segurança que serão instaladas nas vias que dão acesso a cidade de Teresina. Segundo a Graça Amorim, o documento não prejudica a capacidade de endividamento do município.

“Todas as operações de crédito são encaminhadas a esta Casa exatamente com essa capacidade de endividamento. A prefeitura tem um lastro de endividamento bastante grande bem superior ao do estado do Piauí, mas tem essa capacidade, tem esse controle e a prefeitura até agora não encontrou nenhum obstáculo com relação as suas operações de crédito”, finalizou.

Mais conteúdo sobre: