Eleições 2020

Rede de Controle lança campanha "Eu Faço Eleições Limpas" no Piauí

Fazem parte da rede de controle 16 órgãos e instituições estaduais e federais como Ministério Público do Estado do Piauí, Ministério Público Federal e Tribunal de Contas do Estado do Piauí.

Andressa Martins
Teresina
- atualizado

A Rede de Controle da Gestão Pública do Estado do Piauí lançou na manhã desta terça-feira (15) a campanha “Eu Faço Eleições Limpas”. Fazem parte da rede de controle 16 órgãos e instituições estaduais e federais como Ministério Público do Estado do Piauí, Ministério Público Federal, Tribunal de Contas do Estado do Piauí, Tribunal de Contas da União e Tribunal Regional Eleitoral.

Participaram da reunião o coordenador da Rede de Controle, Luís Emílio Xavier; o procurador regional eleitoral, Leonardo Carvalho; a procuradora-geral de Justiça, Carmelina Moura; o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí, desembargador José James Pereira; comandante da Polícia Militar do Piauí, coronel Lindomar Castilho e outras autoridades.

  • Foto: Alef Leão/GP1Carmelina MouraCarmelina Moura

Conforme a procuradora Carmelina Moura, a campanha tem como objetivo conscientizar o cidadão a acompanhar a conduta dos candidatos durante as eleições.

“O objetivo é incentivar conscientização do cidadão no processo político. O poder que tem de cada cidadão de acompanhar os projetos, propostas e vida desse candidato que ele vai escolher dia 15 para administrar o município nos próximos quatro anos. Acompanhar as condutas vedadas na nossa lei, principalmente a compra de votos”, afirmou.

Covid-19

Ainda conforme a procuradora Carmelina, outro objetivo da campanha é fiscalizar as normas sanitárias a fim de diminuir a disseminação da covid-19 durante o processo eleitoral.

“Outro objetivo é chamar atenção e buscar a observância das normas sanitárias para evitar a contaminação da covid-19. É importante dizer que estamos ainda em pandemia. É importante que os candidatos na observância das normas sanitárias para a preservação da saúde e bem estar de todos os envolvidos”, disse.

O procurador Leonardo Carvalho também destacou o grande desafio que será acompanhar o pleito eleitoral durante a pandemia da covid-19. “Um desafio que é superior ou mais sofisticado e complexo que eleições anteriores. Além de lutarmos pela garantia de um processo limpo e justo, evitando que ocorra abuso de poder econômico e políticos, garantir que gestores públicos não se valham de condutas vedadas e usem fake News, mas além disso, este ano temos uma segunda batalha, que é garantir que todo o processo eleitoral evite a propagação da covid-19”, destacou.

  • Foto: Alef Leão/GP1Desembargador José JamesDesembargador José James

TRE-PI

O desembargador José James, presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), informou que o tribunal está aparelhado para as eleições municipais.

“O TRE está aparelhado para o enfrentamento desse processo que está em pleno curso e todas as providências tomamos para que dê segurança aos eleitores no exercício do voto e nossos colaboradores, mesários, voluntários que estão a servir à democracia brasileira”, afirmou.

“Estamos recebendo do TSE por colaboração de grandes empresas nacionais um montante de EPIS para que possa garantir a proteção das pessoas envolvidas no processo para a distribuição em todo estado do Piauí. Além da participação da segurança da PM do Piauí e da 1ª Região Militar”, finalizou o desembargador.