Teresina - PI

Robert Rios apoia diálogo entre PT e PSB e lembra que já foram aliados

Wellington decidiu retomar diálogo com Wilson Martins após desembarque de Ciro Nogueira da base aliada.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O ex-deputado estadual e presidente do PSB de Teresina, Robert Rios Magalhães, conversou com o GP1, neste domingo (09), sobre a reaproximação do ex-governador Wilson Martins com atual chefe do executivo estadual, Wellington Dias (PT-PI), após desembarque do senador Ciro Nogueira (Progressistas) da base do Palácio de Karnak.

Na avaliação de Robert, o Estado está dividido em dois grandes grupos políticos: um liderado pelo PT e outro pelo PP, ficando assim sem espaço para uma terceira via. Diante dessa constatação, o ex-deputado disse que resta ao PSB seguir em uma dessas trincheiras, lembrando que a sigla socialista já foi aliada do PT no passado não tão distante.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Robert RiosRobert Rios

“Ou PSB segue com Wellington ou segue com o Ciro, apesar de o PSB já ter sido aliado do PT. Nunca tivemos ao lado do Ciro em momento algum, já tivemos com Wellington. O Wilson deve conversar em breve com o governador sobre isso”, disse Rios.

Robert é ex-aliado de Wellington Dias, de quem já foi secretário de Segurança por vários anos. Porém, depois que rompeu com o petista, Rios adotou uma postura de oposição ao Governo e ao ser questionado como ficaria seu discurso diante de dessa reabertura de diálogo com Dias, o ex-parlamentar preferiu deixar a resposta para Wilson Martins, presidente estadual da sigla.

“O PSB nunca esteve com o PP. O PSB já esteve com o PT. Agora se perguntar minha preferência eu deixo essa decisão para o Wilson Martins que é o presidente do partido, eu sou apenas um inquilino. Agora, eu critiquei o Wellington porque em 2002 fomos eleitos contra essa oligarquia, mas depois que ele assumiu o Governo, colocou toda o grupo que lutamos contra no Governo, e o Ciro era desse grupo. Mas, o PP está de saída”, ponderou ele.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Ciro Nogueira rebate Wellington e diz que soube de rompimento pela imprensa

Governador Wellington Dias rompe com senador Ciro Nogueira