Piauí

Sindicato dos Bancários do Piauí vai realizar paralisação nessa sexta

Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários do Piauí, Odaly Medeiros, até o momento a Fenaban se recusa a discutir as pautas apresentadas pela categoria bancária.

Wanessa Gommes
Teresina

O Sindicato dos Bancários do Piauí (SEEBF/PI) e dos outros estados brasileiros vão realizar, na noite desta quinta-feira (27), assembleias para avaliar as propostas da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) sobre o reajuste salarial e outras pautas cobradas pela categoria. No entanto, já está marcada para esta sexta-feira (28), uma paralisação em todo o país, quando será retardada a abertura das agências até 11h.

Nesta quarta-feira (26) foi realizada a 12ª rodada de negociações da Campanha Nacional 2020 com o Comando Nacional dos Bancários e Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), mas as negociações não avançaram e o prazo para se chegar termina no dia 31 de agosto.

Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários do Piauí, Odaly Medeiros, até o momento a Fenaban se recusa a discutir as pautas apresentadas pela categoria bancária. “A proposta dos bancos era retirar os direitos já conquistados pelos bancários, mas nessa última negociação conseguimos manter os nossos direitos. Eles ainda insistem em reajuste salarial zero, o que não aceitamos e nesta sexta-feira (28) queremos fazer uma paralisação em todo o Brasil”, destacou o presidente.

Odaly Medeiros pontuou que a manifestação desta sexta será para alertar os banqueiros de que a categoria está pronta para uma greve geral se as negociações não avançarem.