Coronavírus no Piauí

Sinpoljuspi denuncia falta de EPIs dentro dos presídios no Piauí

A Sejus informou ao GP1 através de sua assessoria de comunicação que forneceu aos agentes e detentos todos os materiais de higiene e de proteção individual para o combate ao coronavírus.

Jeyson Moraes
Teresina
Fábio Wellington
Teresina
- atualizado

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis Penitenciários e Servidores da Sejus (Sinpoljuspi), Kleiton Holanda, entrou em contato com o GP1 neste sábado (27), para denunciar que os agentes penitenciários do Piauí estão sem condições de trabalho e sem os devidos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), que os protegem da contaminação com o coronavírus (covid-19).

Segundo o último balanço da Secretaria de Estado da Justiça do Piauí (Sejus), divulgado no último domingo (21), cerca de 50 policiais penais do estado testaram positivo para a covid-19. O presidente do Sinpoljuspi ressaltou que falta estrutura e organização da Sejus dentro dos estabelecimentos prisionais.

“Nós estamos com uma série de problemas no sistema prisional relacionado ao coronavírus. Falta de estrutura, recebimento de novos presos contaminados, servidores infectados que estão afastados, insegurança nos estabelecimentos penais e desorganização da Sejus no trato com essa pandemia e com a segurança das unidades prisionais. Às vezes, a secretaria distribui máscaras e álcool em gel, mas é de forma racionada. A maioria desse material são os agentes que compram, as luvas nunca chegaram”, contou Kleiton Holanda.

  • Foto: Helio Alef/GP1Kleiton HolandaKleiton Holanda

Outro lado

OGP1entrou em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Justiça do Piauí (Sejus), que encaminhou nota informando que forneceu os materiais de higiene e equipamentos de proteção individual para o combate a covid-19.

Confira a nota na íntegra

A Secretaria de Estado da Justiça esclarece que forneceu, aos internos e servidores do sistema prisional do Piauí, materiais de higiene e equipamentos de proteção individual para o combate ao coronavírus. Cada interno recebeu três máscaras de proteção, e cada servidor, cinco máscaras. Além disso, a Sejus entregou materiais como luvas, álcool em gel, termômetros, óculos de proteção e 600 testes para a COVID-19, doados pelo Departamento Penitenciário Nacional.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Cerca de 50 policiais penais contraíram coronavírus no Piauí

Saiba as cidades que já registraram mortes por covid-19 no Piauí

Piauí chega a 592 mortes e 18.665 casos confirmados de coronavírus