Flores do Piauí - PI

TCE reprova prestação de contas do ex-prefeito Evaldo DD

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Tribunal de Contas do Estado do Piauí dessa sexta-feira, 10 de dezembro.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) reprovou a prestação das contas de gestão e de governo do ex-prefeito de Flores do Piauí, Evaldo Ferreira da Costa, mais conhecido como Evaldo DD, referente ao exercício financeiro de 2016. A decisão foi publicada no Diário Oficial do TCE dessa sexta-feira (10).

Os conselheiros levaram em consideração algumas irregularidades encontradas como: déficit na receita total arrecadada, impropriedades na Receita Tributária e COSIP, divergência na apuração da Receita Proveniente de Impostos e Transferências, irregularidade na despesa total empenhada, gastos com a manutenção e desenvolvimento do ensino inferior ao limite legal, compensação indevida do INSS, despesas com sentenças judiciais e devolução de recursos não esclarecidos, entre outras coisas.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Tribunal de Contas do EstadoTribunal de Contas do Estado

Além da reprovação das contas, foi ainda determinada a aplicação de multa no valor de 2.500 UFR-PI, que corresponde a R$ 8.550 mil, que deverá ser recolhida ao Fundo de Modernização do Tribunal de Contas.

Participaram do julgamento os conselheiros Joaquim Kennedy Nogueira Barros, Waltânia Maria Nogueira de Sousa Leal Alvarenga, Lilian de Almeida Veloso Nunes Martins e o Delano Carneiro da Cunha Câmara, além do representante do Ministério Público de Contas, o procurador-geral Leandro Maciel do Nascimento.