Eleições 2018

Themístocles Filho não acredita na candidatura de Elmano ao Governo

“Eu não vou dizer os porquês não, mas vamos ver o tempo passar”, afirmou o presidente da Alepi.

ANDRESSA MARTINS
DE TERESINA
- atualizado

O presidente da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), deputado Themístocles Filho (MDB), afirmou na tarde desta segunda-feira (16) que não acredita que o senador Elmano Férrer (Podemos) será candidato ao Governo nestas eleições. A afirmação foi feita durante entrevista ao programa Bancada Piauí, da TV Antena 10.

“Simplesmente eu não acredito”, afirmou Themístocles sobre a possibilidade de Elmano sair candidato ao Governo pela oposição. “Eu não vou dizer os porquês não, mas vamos ver o tempo passar”, continuou o emedebista. Questionado sobre o atual posicionamento do senador, que desfere críticas ao Governo do Estado, Themístocles disse que o “povo do Piauí todo sabe” que o senador foi eleito em 2014 com o apoio de Wellington, Lula e Dilma.

“O povo do Piauí todo sabe. Quem é que nega que o Lula, a Dilma, WD ajudou Elmano? Ninguém pode negar. O Elmano foi um bom prefeito? Foi um bom prefeito. Tinha uma aceitação boa na capital? Tinha. Mas se não fosse o apoio do Lula, da Dilma, do Wellington, será se ele seria senador da República?”, questionou Themístocles.

Elmano se elegeu pelo PTB, migrou para o MDB e neste mês assumiu a presidência estadual do Podemos, partido do presidenciável Álvaro Dias. Questionado se seria uma ingratidão do senador, Themístocles disse que “cada um faça a sua reflexão”. “O senador Elmano é o único cidadão do Piauí que não vai disputar uma eleição estadual ou federal, porque ele já tem o mandato garantido para o amanhã, mais quatro anos. Os outros todos vão disputar”, afirmou o presidente da Alepi.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Elmano Férrer e Themístocles FilhoElmano Férrer e Themístocles Filho

Desconforto com Elmano

O deputado Themístocles sempre manteve grande amizade com Elmano Férrer, inclusive, disse na entrevista que sempre que viajava a Brasília se hospedava no apartamento do senador. Nos bastidores, os comentários são de que Themístocles não gostou nada dos comentários feitos por ele, que afirmou semana passada que o emedebista poderia atrapalhar a campanha de Wellington.

“Conversa a dois, como que eu vou comentar algo que o senador Elmano falou para o deputado Themístocles, se estava só dois?”, afirmou Themístocles. Além do desconforto causado pelos comentários de Elmano, o deputado também disse que não teve o que dialogar sobre política com o senador, já que ele apenas anunciou sua saída do partido.

“Quando o senador Elmano Férrer ligou para o deputado Themístocles, chegou na minha casa, ele já foi dizendo: ‘Saí do MDB. Estou apenas lhe comunicando’”, disse Themístocles. “Escutei o senador Elmano narrar por mais de uma hora de conversa. O senador Elmano não foi lá dizer “posso sair?”. Ele foi comunicar que tinha tomado esta decisão”, continuou.

Elmano Férrer já havia informado ao GP1 que a decisão de mudança de partido havia se dado após o senador paranaense Álvaro Dias sondá-lo. O presidente estadual do Podemos disse que conversou com a senadora Rose de Freitas (ES), que também deixou o MDB para se filiar ao Podemos.

Elmano disse que tentou falar pessoalmente com o presidente nacional do MDB, mas não conseguiu lograr êxito. Férrer também tentou falar com o deputado federal Marcelo Castro (MDB), mas também não conseguiu, pois o mesmo estava voltando de Brasília para Teresina com o governador Wellington Dias.

MATÉRIAS RELACIONADAS

Presidenciável Álvaro Dias dá aval para a candidatura de Elmano Férrer ao Governo

Elmano Férrer não descarta possibilidade de concorrer ao Governo do Piauí

Elmano Férrer afirmaque Themístocles Filho pode atrapalhar candidatura de Wellington Dias

Presidenciável Álvaro Dias desembarca em Teresina neste sábado

MAIS LIDAS