Coronavírus no Piauí

Wellington Dias mantém fechamento do comércio até o dia 07 de junho

O anúncio foi feito, na noite dessa quarta-feira (20). Dias admitiu a reabertura gradativa do comércio em junho: "destaco a sinalização para retomada [das atividades econômicas]", disse.

Thais Guimarães
Teresina
Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O governador Wellington Dias (PT) anunciou, na noite desta quarta-feira (20), que vai prorrogar por mais 17 dias o decreto estadual que estabelece medidas restritivas a fim de combater a proliferação do coronavírus (covid-19). Dessa forma, o fechamento do comércio e das demais atividades no estado vai vigorar até o dia 07 de junho. O anúncio foi feito durante transmissão ao vivo nas redes sociais.

A decisão foi tomada após o governador participar de reunião com o Comitê Emergencial (COE). "Concluímos agora a reunião do comitê emergencial covid-19, um comitê que conta com a participação dos três poderes, município, Estado e Governo Federal, setor público e setor privado, e com a participação da representação de cientistas e profissionais da saúde que, com muita capacidade, muita responsabilidade nos orientam", afirmou.

  • Foto: DivulgaçãoWellington Dias em pronunciamentoWellington Dias em pronunciamento

"O comitê dos cientistas apresentou a proposta mostrando que ainda há crescimento, uma fase que precisa da prorrogação, e aprovamos a prorrogação do decreto com as medidas ali estabelecidas para até o dia 07 de junho", declarou o chefe do executivo estadual durante a entrevista coletiva. O último decreto assinado pelo governador termina nesta quinta-feira (21).

Retorno no início de junho

No entanto, Dias anunciou a previsão de retomada gradativa das atividades econômicas também para o próximo mês: "Destaco já a sinalização para retomada [das atividades econômicas]. O diagnóstico, a avaliação, é que, como era previsto, ainda essa semana nós ainda vivemos momento de crescimento no Brasil e no Piauí, a perspectiva é que na próxima semana também, mas que já no início de junho há uma possibilidade de estabilização, caminhado se deus quiser o Brasil e o Piauí para a queda dos indicadores de crescimento na disseminação e transmissibilidade do coronavírus", colocou.

Wellington destacou que haverá um esforço coletivo dos mais diversos setores para que seja elaborada a estratégia necessária nessa retomada gradual. "Haverá um esforço do poder público juntamente com o setor privado e ainda do Ministério Público, com a OAB, pessoas que possam nos ajudar na elaboração de protocolos que possam nos permitir ter as regras de saúde para quem está em atividade e para quem passar a entrar em atividade, quem voltar a abrir seu empreendimento, e estabelecer a estratégia para essa reabertura e as condições para o cronograma adequado: por onde começar, com quantos por cento da população se libera e a partir daí quais os segmentos", ressaltou.

O governador adiantou que uma reunião no dia 02 de junho definirá os protocolos necessários para o retorno das aividades econômicas. "Esperamos isso agora no final de maio, começo de junho, para que possamos em passos seguros dar as condições da tomada de decisões, que já será apresentada em uma reunião no dia 02 de junho", pontuou.

Decreto já dura mais de dois meses

No Piauí, o comércio está fechado desde o dia 19 de março, totalizando 62 dias de fechamento. Com a prorrogação do decreto até o dia 7 de junho, serão 80 dias de suspensão das atividades econômicas no estado.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Wellington Dias renova decreto e mantém comércio fechado até 21 de maio

Wellington avalia retomar atividades econômicas no início de junho