GP1

Recife - Pernambuco

Wellington Dias passa presidência do Consórcio Nordeste a Paulo Câmara

O cargo era do governador do Piauí desde setembro de 2020, quando substituiu governador Rui Costa.

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), passou a presidência do Consórcio Nordeste, nesta terça-feira (18), ao governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), em solenidade realizada no Recife, no Salão das Bandeiras, Palácio do Campo das Princesas.

Wellington assumiu a presidência do Consórcio em setembro de 2020, quando substituiu o governador da Bahia, Rui Costa (PT). Em sua posse, Paulo Câmara, recebeu o relatório com o balanço das ações do Consórcio Nordeste em 2021.

“Pelo Consórcio Nordeste foi possível uma integração com consórcios de outras regiões, como a Amazônia e Centro-Oeste. Consolidamos a nossa sede na capital federal e fortalecemos ações para a saúde, principalmente, com o desafio da Covid-19. Felizmente, muitas ações colocaram o Nordeste num nível menor de casos e óbitos”, disse.

Wellington Dias destacou o desafio de dar a continuidade aos trabalhos do órgão. “Hoje, o Consórcio é a principal política de inovação neste começo de século para a nossa região. É um instrumento extraordinário que nos permite obter bons resultados, independente das disputas políticas e da posição dos partidos. Com muita alegria vi por unanimidade a eleição do Paulo Câmara, que está sempre presente nas ações do Consórcio Nordeste e agora tem a responsabilidade da condução dos trabalhos. Estou satisfeito com o desempenho do Consórcio e certo de que avançaremos muito mais”, concluiu Wellington Dias.

Consórcio Nordeste

O Consórcio foi criado em 2019 para ser o instrumento jurídico, político e econômico de integração dos nove estados da região Nordeste do Brasil, um território de desenvolvimento sustentável e solidário com iniciativa de atrair investimentos e alavancar projetos de forma integrada, constituindo-se, ao mesmo tempo, como uma ferramenta de gestão criada e à disposição dos seus entes consorciados, e como um articulador de pactos de governança. Dentre as possibilidades abertas com a criação do Consórcio estão a realização de compras conjuntas, a implementação integrada de políticas públicas e a busca por cooperação, também em nível internacional.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.