GP1

Teresina - Piauí

Homens são presos após tentarem vender arma de PM em Teresina

Um dos indivíduos que foi preso estava usando tornozeleira eletrônica.

Uma ação conjunta entre a Polícia Militar do Maranhão e uma equipe do Batalhão de Rondas Ostensivas de Natureza Especiais (BPROne) realizada nessa quarta-feira (10), por volta das 13h, prendeu três homens suspeitos de terem envolvimento na venda de uma arma de fogo de um policial que foi roubada. A prisões foram realizadas na zona norte de Teresina.

  • Foto: Divulgação/Polícia MilitarIndivíduos presosIndivíduos presos

De acordo com o tenente do Newmarco, do BPROne, foram presos Gustavo Gomes Torres, 23 anos; Rômulo Diogo da Silva Sousa, de 23 anos; Anderson da Silva Pinho.

“Houve a tomada da arma de um PM, durante um assalto, no Maranhão. E a polícia de lá conseguiu detectar em grupos do Whatsapp que essa arma estava sendo ofertada para venda. E eles [PM do Maranhão] pediram nossa ajuda para a localização desse endereço em Teresina. Eles localizaram o endereço, a primeira pessoa foi encontrada e ele alegou que estava oferecendo essa arma porque outro colega pediu para que ele oferecesse para a venda, mas não sabia onde ela estava. A partir das investigações, da polícia do Maranhão, chegaram ao autor do crime e recuperam essa arma que estava na mão de um terceiro”, disse.

  • Foto: Divulgação/Polícia MilitarMaterial apreendidoMaterial apreendido

Durante a operação policial, foram apreendidas duas motocicletas, pistola Taurus 840, Cal .40 SIY 77018, uma quantia no valor de R$ 263,00, três relógios de pulsos, 12 celulares, uma balança de precisão e uma TV de LED 50 polegadas. Um dos indivíduos estava usando tornozeleira eletrônica. O trio foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Teresina.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.