GP1

São Félix do Piauí - Piauí

Nerinho lança nova estrutura do Distrito Industrial de Picos

O ato solene aconteceu no auditório da Associação Comercial e contou com a presença de autoridades e de empresários, que são os mais beneficiados com a iniciativa do governo.

José Maria Barros/GP1 1 / 10 Mesa de honra Mesa de honra
José Maria Barros/GP1 2 / 10 Nerinho afirma que projeto tem apoio do governador Nerinho afirma que projeto tem apoio do governador
José Maria Barros/GP1 3 / 10 Nerinho explica funcionamento do projeto Nerinho explica funcionamento do projeto
José Maria Barros/GP1 4 / 10 Plateia acompanha atenta a solenidade Plateia acompanha atenta a solenidade
José Maria Barros/GP1 5 / 10 Presidente da Associação Comercial de Picos aprovou a ideia Presidente da Associação Comercial de Picos aprovou a ideia
José Maria Barros/GP1 6 / 10 Solenidade reúne público expressivo Solenidade reúne público expressivo
José Maria Barros/GP1 7 / 10 Solenidade reuniu empresários e populares Solenidade reuniu empresários e populares
José Maria Barros/GP1 8 / 10 Superintende de Desenvolvimento Econômico, Olga Sousa Superintende de Desenvolvimento Econômico, Olga Sousa
José Maria Barros/GP1 9 / 10 Secretário Nerinho defende o projeto Secretário Nerinho defende o projeto
José Maria Barros/GP1 10 / 10 Secretário Nerinho defende o projeto Secretário Nerinho defende o projeto

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico e Social, deputado licenciado José Icemar Lavôr Néri, o Nerinho (PTB), lançou na noite de ontem, 20, a nova estrutura do Distrito Industrial de Picos. O ato solene aconteceu no auditório da Associação Comercial e contou com a presença de autoridades e de empresários, que são os mais beneficiados com a iniciativa do governo.

Prestigiaram o ato solene o presidente da Associação Comercial de Picos, Edilberto Rocha; Superintendente do Desenvolvimento Econômico, Olga Sousa; Secretária de Planejamento Oneide Rocha, representando o prefeito Padre Walmir; Diretor da Casa Ápis, Sitonho Filho; secretário municipal do Turismo e do Desenvolvimento Econômico, Iata Rodrigues e o ex- presidente da Associação Industrial do Piauí, Joaquim Costa Filho. Além dos vereadores Francisco das Chagas de Sousa (Chaguinha), José Luís de Carvalho e Francisca Celestina de Sousa, a Dalva Mocó, todos do PTB.

Segundo Nerinho, a viabilização do Distrito Industrial de Picos é uma luta que começou desde que ele assumiu a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico. “O objetivo é promover a economia local, gerando mais empregos e oportunidades de crescimento para a população” – destacou, acrescentando que o investimento vai influenciar no aumento do PIB.

Nerinho disse ainda que abraçou a ideia e o governador Wellington Dias (PT) entendeu, mandando um projeto de lei para a Assembleia Legislativa. Antes, já existia o Distrito Industrial de Picos, mas o governo só fazia a cessão do terreno. Isso impedia que os empresários pudessem conseguir financiamentos junto aos agentes financeiros como Banco do Brasil e Banco do Nordeste.

“Como o governo não podia doar o terreno foi preciso autorização da Assembleia Legislativa, oportunizando a qualquer empresário que tivesse o projeto aprovado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico pudesse adquirir o terreno subsidiado ao custo de 5% do valor de mercado” – explicou Nerinho.

Estrutura

De acordo com Nerinho, o novo espaço localizado no bairro Pantanal terá uma área de 93 hectares, onde será instalada uma moderna infraestrutura. Será feita pavimentação adequada para o trânsito de veículos de grande porte, iluminação, aterro sanitário, dentre outras melhorias

A nova área do Distrito Industrial de Picos contará ainda com um Centro Administrativo, para orientar e atender os empreendedores, oferecendo suporte necessário para o desenvolvimento dos negócios. Será instalado também um REDEX – Recinto Especial para Despacho Aduaneira de exportação, visando o aumento da produtividade das exportações no estado.

As 16 empresas que atualmente estão atuando no Distrito Industrial de Picos e têm projetos, receberam os certificados para que tenham uma garantia. No próximo ano a intenção é atrair mais 15 empresas e depois mais dez, totalizando 40. Nerinho afirma que a prioridade é para os empresários picoenses, da região ou do Piauí que querem investir no projeto.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.