GP1

Campo Maior - Piauí

Juiz decreta preventiva de acusado de matar ex-companheira no Piauí

A decisão é do juiz Múccio Miguel Meira, da 1ª Vara Criminal de Campo Maior, dada no dia 23 de setembro.

O juiz Múccio Miguel Meira, da 1ª Vara Criminal de Campo Maior, decretou a prisão preventiva de Sebastião Vieira de Sousa, acusado de espancar sua ex-companheira até a morte em Campo Maior no dia 22 de setembro. A decisão foi dada no dia 23 de setembro.

Nos autos, o magistrado apontou que o acusado desferiu um golpe no rosto da vítima que morreu após cair com a cabeça no chão e em seguida provocar uma hemorragia intracraniana, conforme consta no laudo cadavérico.

“Ressalte-se que o autuado foi preso em flagrante após, segundo a autoridade coatora e a testemunha, ter tirado a vida de sua ex-companheira Eliane Lima em razão de ter desferido um murro no rosto da vítima, levando esta a bater com a cabeça no chão, causando hemorragia intracraniana, consequente a edema cranioencefálico produzido por ação de instrumento contundente”, destacou.

Entenda o caso

Uma mulher identificada como Eliane Lima morreu por volta das 16h de domingo, 22 de setembro, após ser espancada ao lado do Mercado Público da cidade de Campo Maior, região Norte do Piauí.

De acordo com o sargento Ibiapina, do 15º Batalhão da Polícia Militar de Campo Maior, o principal suspeito do crime é o companheiro da vítima, identificado como Sebastião Vieira de Sousa.

“Segundo o que a gente apurou aqui no local do crime, ele [Sebastião] é o principal suspeito. Iniciou-se uma discussão entre os dois, que terminou em troca de agressões. Ele espancou Eliane e depois empurrou. Ela caiu, bateu com a cabeça e veio a óbito", relatou o sargento.

NOTÍCIA RELACIONADA

Mulher é espancada até a morte na cidade de Campo Maior

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.