GP1

Barro Duro - Piauí

MPE pede indeferimento de candidatura de Frede Farias em Barro Duro

O parecer foi assinado pelo promotor eleitoral, Ari Martins Alves Filho, no domingo (25).

O Ministério Público Eleitoral emitiu, no domingo (25), parecer pelo indeferimento do registro de candidatura de Frede Farias dos Santos a vice-prefeito de Barro Duro, na chapa do atual prefeito e candidato à reeleição, Deusdete Lopes.

De acordo com o promotor eleitoral, Ari Martins Alves Filho, o pedido de registro de candidatura veicula inegável tentativa de perpetuação no poder do clã “Farias dos Santos”, em ofensa ao princípio republicano, voltando-se à candidatura em Barro Duro, cidade limítrofe a Passagem Franca do Piauí, onde o clã exerce o poder.

  • Foto: Reprodução/FacebookFrede FariasFrede Farias

“Barro Duro e Passagem Franca do Piauí são cidades de uma mesma comarca, que tem por sede aquela primeira urbe, o que demonstra as relações de proximidade que guardam, sendo inegável a influência de grupos de poder familiar, como é o caso, de uma na outra”, afirmou o promotor.

Ainda segundo o membro do MPE, Frede optou por candidatar-se em Barro Duro tão somente porque seu irmão é o atual prefeito de Passagem Franca do Piauí, o que lhe imporia a inelegibilidade reflexa.

Outro fato apontado pelo Ministério Público Eleitoral é em relação ao endereço de Frede, pois ele apresentou, para fins de domicílio eleitoral, endereço na localidade Malhada dos Bois, zona rural de Barro Duro, área fronteiriça entre Barro Duro e Passagem Franca do Piauí, sendo objeto de disputa entre as duas cidades.

“Ocorre que o endereço real do pré-candidato em tela é Passagem Franca do Piauí, o que foi verificado in loco, no dia 8 de outubro de 2020, por ocasião da deflagração da “Operação IBI CLAUSUS”, pelo Gaeco, sendo que naquele dia, um dos alvos era o pré-candidato em tela, tendo sido realizadas buscas na sua casa, em Passagem Franca do Piauí, não tendo as investigações apontado nenhum outro endereço seu, o que foi diferente no caso de outros membros do clã”, destacou o promotor.

Para Martins Filho, deferir uma candidatura como a de Frede Farias é promover o descrédito das instituições e da República. “É ainda mais: é ignorar a realidade, abrindo mais portas para que a realidade passe a ignorar o direito”, completou.

Ao final, manifestou-se pelo indeferimento do requerimento de registro de candidatura de Frede Farias.

Outro lado

Frede Farias não foi localizado pelo GP1.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.