GP1

Paulistana - Piauí

Covid-19: Vigilância Sanitária monitora 100 pessoas em Piracuruca

Quem entra em Piracuruca, principalmente através de ônibus clandestino, está sendo notificado a permanecer em quarentena ao tempo em que é monitorado por equipes da Vigilância Sanitária.

O prefeito de Piracuruca, Dr. Raimundo, afirmou que a vigilância sanitária municipal está monitorando cerca de 100 pessoas que vieram de outros estados do país e chegaram a cidade de Piracuruca, que já registrou quatro casos da Covid-19, com um óbito desse total.

De acordo com Dr. Raimundo, que também é médico, as barreiras sanitárias instaladas no município estão alcançando o resultado esperado. Quem entra em Piracuruca, principalmente através de ônibus clandestino, está sendo notificado a permanecer em quarentena ao tempo em que é monitorado por equipes da Vigilância Sanitária.

“Atualmente nós temos 100 pessoas que estão sendo monitoradas. Elas estão sendo recomendadas a ficar em quarentena, pois nós não sabemos como elas se comportaram lá fora e com quem tiveram contato. Depois de 14 dias, a Vigilância Sanitária libera essas pessoas. Isso funcionou com o paciente que veio de São Paulo. Ele chegou, foi notificado e a família ficou em quarentena junto com ele. Com sete dias, apresentou sintomas, foi prestado pronto-atendimento, feito o teste que deu positivo e nós o regulamos para Teresina, o fluxo é esse”, explicou.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1 Raimundo Alves, Prefeito de Piracuruca Piauí Raimundo Alves, Prefeito de Piracuruca

Apesar do número crescente, o gestor deixa claro que os casos não são oriundos do município, mas de pessoas que tiveram contato com Antônio Felícia, prefeito de São José do Divino, que morreu com diagnóstico de Covid-19. Há apenas uma exceção, justamente do óbito do homem de 63 anos, cardiopata, e que esteve em São Paulo no mês passado.

Atualmente, o município de Piracuruca notificou quatro casos de Covid-19: uma técnica de enfermagem, que faz parte da equipe de Saúde que teve contato com Antônio Felícia.

“Ela testou positivo, permaneceu em quarentena e está bem. Um senhor está na UTI em Teresina e a filha que teve contato com ele também. E nós temos o caso do óbito, fechando os quatro casos. Aqui mesmo em Piracuruca mesmo nós não tivemos nenhum registro. A técnica de enfermagem veio contaminada do prefeito de São José do Divino, que teve contato com o empresário de Parnaíba, dono da Delta Laticínios, que veio do Ceará. O senhor que está na UTI teve contato com o prefeito e a sua filha também foi infectada. Apenas o óbito é que veio de São Paulo, o restante teve contato com o prefeito de São José do Divino”, ponderou.

Coronavírus no Piauí

Segundo dados da Sesapi, informados nessa segunda-feira (13), já são 58 pessoas contaminadas pelo coronavírus no estado. Os casos confirmados são de sete municípios, sendo 47 em Teresina, quatro em Piracuruca, três em São José do Divino, um em Parnaíba, um em Campo Maior, um em Pimenteiras e outro em Caracol. Ao todo, há 8 óbitos no Piauí.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Piauí possui 8 mortes e 58 casos confirmados de coronavírus

Homem de 63 anos morre de Covid-19 no Hospital Getúlio Vargas

Cidades e estados brasileiros começam a exigir uso de máscaras caseiras

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.