GP1

Teresina - Piauí

“É humilhante”, desabafa motorista sobre preço da gasolina em Teresina

“Estou desde 00h na fila. Infelizmente no país em que vivemos toda economia é válida", disse o motorista.

Na manhã desta quinta-feira (14), centenas de motoristas fizeram filas para conseguir abastecer seus veículos nos postos de combustíveis que aderiram à campanha do “dia sem impostos” e estão vendendo o litro da gasolina comum a R$ 3,50 em Teresina. Alguns consumidores chegaram ainda na noite de quarta (13) para garantir o abastecimento no dia seguinte.

O GP1 passou por alguns dos cinco postos que aderiram à campanha e conversou com os consumidores. O motorista Marcos Prado chegou às 00h desta quinta em um posto localizado na Avenida Marechal Castelo Branco e comentou que "toda economia é válida" no momento atual do país. Ele também criticou os recentes aumentos nos preços dos combustíveis e falou que a situação é "humilhante".

Foto: Marcelo Cardoso/GP1Marcos Prado
Marcos Prado

“Estou desde 00h na fila. Infelizmente no país em que vivemos toda economia é válida, ainda mais no valor que está. A situação é humilhante, como tudo nesse país que vem para o trabalhador é na base da humilhação, e a gente tem que aceitar porque não tem outra saída. Estou aqui desde meia-noite, cheguei e fiquei embaixo da Ponte Estaiada, imagina quem chegou agora”, declarou.

Os consumidores se dirigiram com antecedência aos postos porque cada estabelecimento vai vender somente 5 mil litros da gasolina comum a R$ 3,50. Cada consumidor poderá abastecer apenas 15 litros do combustível no valor "sem impostos".

Foto: Lucas Dias/GP1Fila de carros em posto na Avenida Marechal Castelo Branco
Fila de carros em posto na Avenida Marechal Castelo Branco

Campanha "Dia Sem Impostos"

O presidente do Sindipostos-PI, Alexandre Cavalcante, disse em entrevista ao GP1, que o principal objetivo da ação é mostrar como seria o preço do combustível sem impostos. "A gente sempre soube que o maior problema do preço era o imposto, em reunião com o sindicado montamos essa campanha para que a população tenha consciência de onde vem esse preço. Não isentamos os impostos, porque o governo vai continuar cobrando e nós é que estamos pagando. Mas a gente achou melhor para que as pessoas tenham consciência para que cobrem das autoridades e tomem uma atitude com o intuito de reduzir os impostos, e eu falo de impostos federais e estaduais. A carga tributária no país é muito pesada", destacou.

Piauienses pagam a gasolina mais cara do país, diz ANP

O relatório da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), feito entre os dias 26 de setembro e 02 de outubro, apontou que o Piauí continua com o maior preço médio do litro da gasolina comum entre os estados do Brasil.

De acordo com os dados da ANP, na data em que foi feito o relatório, os piauienses estavam pagando, em média, R$ 6,65, no litro da gasolina comum. Os outros estados com os maiores valores eram: Rio de Janeiro (R$ 6,64), Rio Grande do Norte (R$ 6,62) e Acre (R$ 6,50).

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.