GP1

Teresina - Piauí

Homem é preso acusado de aplicar 'golpe do Pix' em hotel de Teresina

De acordo com a PM, o homem ainda é acusado de aplicar golpe em garotas de programa.

Um homem identificado pelas iniciais J.M.R. da S. foi preso na noite desta quinta-feira (14) dentro de um hotel na Avenida Miguel Rosa, zona sul de Teresina, acusado de aplicar 'golpe do Pix' no estabelecimento, onde estava hospedado por mais de trinta dias. A prisão foi realizada pela equipe da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Piauí.

De acordo com informações do cabo Jairo Torres, da Força Tarefa, o homem estava há mais de um mês hospedado no hotel, e no final de cada semana fazia um Pix falso para a administração do estabelecimento.

“É um hotel na Avenida Miguel Rosa, ele já estava com mais de um mês [hospedado], passava a semana e perguntava quanto era a despesa e mandava um Pix falso, até que veio aquela desconfiança e a gerente ligou para a Força Tarefa, que fez a prisão. Devido a movimentação bancária da empresa ser muito alta, ninguém percebia os pagamentos falsos que ele fazia pelo Pix”, explicou o policial da Força Tarefa.

O homem foi conduzido à Central de Flagrantes de Teresina junto de suas malas. A Força Tarefa apreendeu com ele documentos falsos e detectou que em seu nome haviam sido registrados dois carros de luxo. “Foi apreendida uma documentação falsa, ele foi preso dentro do quarto. Também haviam carros de luxo comprados por ele”, revelou o cabo Jairo.

Golpes contra garotas de programa

O cabo Jairo Torres informou ainda que o homem também estava aplicando golpes em garotas de programa que ele chamava para o hotel. “Ele já estava cometendo o mesmo golpe com mulheres de programa e começaram a perceber. Ele chamava as meninas para o hotel e fazia o Pix falso pra elas também”, concluiu.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.