GP1

Teresina - Piauí

Acusado de explodir caixas eletrônicos é executado em Teresina

Ele ainda chegou a ser encaminhado com vida para a UPA do Satélite, mas não resistiu ao ferimento.

Um indivíduo identificado como Valdenilson da Silva Mendes, de 33 anos, vulgo ‘Espoca’ foi executado com um tiro na cabeça na noite dessa quinta-feira (07), por volta de 21h30, em um ponto de arrumadinho no bairro Santa Isabel, zona leste de Teresina. Ele já havia sido preso pelo crime de homicídio e por suspeita de explodir caixas eletrônicos na Capital.

Conforme informações repassadas pelo 5º Batalhão da Polícia Militar, Valdenilson estava em um ponto de venda de arrumadinho quando foi surpreendido por indivíduos em um veículo, que efetuaram disparos de arma de fogo contra ele.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1Valdenilson da Silva Mendes
Valdenilson da Silva Mendes

Valdenilson foi atingido com um disparo de arma de fogo na cabeça e ainda chegou a ser levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Satélite, mas não resistiu ao ferimento.

Ainda não há informações sobre quem possa ter cometido o crime. A suspeita é de acerto de contas. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vai investigar o caso.

Histórico

Valdenilson da Silva Mendes foi preso pela primeira vez em 20 de agosto de 2011, por meio de cumprimento de mandado de prisão pelo crime de homicídio.

No dia 11 de janeiro de 2017 ele foi preso novamente, desta vez, suspeito de arrombar caixas eletrônicos no bairro Morada do Sol, zona leste de Teresina.

Na época a Polícia Militar apreendeu com ele seis celulares, três cilindros de gases, munições, um relógio e dinheiro.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.