GP1

Teresina - Piauí

Obra da Via Sul na Estrada da Alegria é novamente paralisada em Teresina

Segundo o superintendente executivo da Saad Sul, as obras pararam por conta das chuvas e serão retomadas.

Os moradores e motoristas que trafegam diariamente pela Avenida Celso Pinheiro, na Estrada da Alegria, zona sul de Teresina, entraram em contato com o GP1 na manhã desta segunda-feira (22) e denunciaram que as obras da Via Sul foram novamente paralisadas. A obra já havia sido paralisada no final do ano passado e só retornou na metade deste ano.

Os populares relataram que todas as máquinas que trabalhavam na obra foram retiradas do local e nenhum funcionário é visto há cerca de uma semana. A obra está com vários trechos inacabados, muitos buracos e com sinalização precária, gerando riscos aos motoristas que passam pelo local, já que a pista fica às margens do Rio Poti.

Foto: Alef Leão/GP1Obras da Via Sul na Estrada da Alegria
Obras da Via Sul na Estrada da Alegria

“A obra ficou mais de seis meses parada do fim do ano passado para esse ano. Disseram que foi por conta do período chuvoso, mas demoraram cerca de três meses depois do fim das chuvas para retornarem. E agora, desde a semana passada, a obra está parada novamente. O pior é que deixaram vários trechos da duplicação inacabados. Durante a noite é um perigo, só passa por aqui quem conhece a avenida, por causa da falta de sinalização nos locais que estavam em obra. Além disso, parte do que vai ser a avenida fica bem ao lado do rio e tiraram todas as árvores da margem, o que gera o risco de algum carro desgovernado cair e descer até o rio”, disse um motorista que preferiu não se identificar.

Outro lado

O GP1 procurou a assessoria de comunicação da Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas Sul (SAAD Sul), órgão da Prefeitura de Teresina, que encaminhou um posicionamento do superintendente executivo, Isaac Meneses. O superintendente disse que as máquinas foram retiradas do local por conta das chuvas e ressaltou que as obras serão retomadas. No entanto, ele não disse quando isso vai acontecer.

Confira o posicionamento na íntegra

“Como está em fase de terraplanagem, muito trabalho com máquinas, e teve previsão de chuvas alguns dias seguidos, como choveu, eles retiraram as máquinas porque eles acabam tendo um custo com as máquinas paradas. Mas eles vão retomar, a obra não está parada, eles só tinham dado um tempo por conta do clima que a semana tinha começado chuvosa”

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.