GP1

Teresina - Piauí

“Fiquei satisfeito com o resultado", diz Sílvio Mendes sobre pesquisa do Instituto GP1

Ele prometeu continuar a caminhada para tentar se viabilizar para o processo majoritário do ano que vem.

Pesquisa do Instituto GP1 divulgada nesta terça-feira (23) para governador do Piauí, mostrou o ex-prefeito de Teresina Sílvio Mendes (PSDB), em primeiro lugar na preferência dos eleitores piauienses na pesquisa estimulada. Em entrevista ao GP1, o ex-prefeito da Capital, disse que ficou satisfeito com resultado e prometeu continuar a caminhada para tentar se viabilizar para o processo majoritário do ano que vem.

“Fiquei satisfeito com o resultado da pesquisa. Vamos continuar caminhando”, declarou Sílvio. Ainda de acordo com o tucano, a boa avaliação é reflexo dos resultados positivos que apresentou ao longo de toda sua vida como gestor público.

“São lembranças da gestão no SUS (12 anos) e como prefeito reeleito, tendo saído com 92% de aprovação. É recall da candidatura [ao governo] em 2010, somado a ausência de Governo no Estado. É a fotografia do momento”, analisou Mendes.

Foto: Lucas Dias/GP1Entrevista com o Sílvio Mendes
Entrevista com o Sílvio Mendes

Dados da pesquisa

O Instituto GP1 divulgou, nesta terça-feira (23), a primeira pesquisa de intenções de votos (estimulada e espontânea) para governador do Piauí. Faltando menos de um ano para as eleições de 2022, seis nomes já se colocaram publicamente na disputa pelo Palácio de Karnak, sendo eles: o secretário de Fazenda Rafael Fonteles (PT), o ex-prefeito Sílvio Mendes (PSDB), a deputada federal Iracema Portella (Progressistas), o professor Washington Bonfim (sem partido), a secretária de Economia Solidária de Teresina Gessy Fonseca (PSC) e Romualdo Seno (DC).

Pesquisa estimulada

Na pesquisa estimulada, quando os nomes dos pré-candidatos são apresentados aos entrevistados, Sílvio Mendes lidera com ampla vantagem em relação aos demais nomes, somando 27,74% das intenções de voto.

Em segundo lugar aparece o secretário de Fazenda do Piauí, Rafael Fonteles, com 16,87%, seguido da deputada federal Iracema Portella, que aparece em terceiro com 13,04%. Em quarto lugar está Gessy Fonseca, com 3,48%.

O professor Washington Bonfim aparece em quinto lugar, com 1,91%, seguido por Romualdo Seno (DC), que fica em sexto lugar, com 0,96%.

Os entrevistados que disseram que não sabiam ou preferiram não responder foram 11,4% e os que disseram que não votariam em nenhum dos candidatos, nulo ou branco foram 24,96%.

Estimulada: se a eleição para governador do Piauí fosse hoje, em qual destes candidatos você votaria?
  • Sílvio Mendes (PSDB)
    Sílvio Mendes (PSDB)
    27,74%
  • Rafael Fonteles (PT)
    Rafael Fonteles (PT)
    16,87%
  • Iracema Portella (Progressistas)
    Iracema Portella (Progressistas)
    13,04%
  • Gessy Fonseca (PSC)
    Gessy Fonseca (PSC)
    3,48%
  • Washington Bonfim (sem partido)
    Washington Bonfim (sem partido)
    1,91%
  • Romualdo Seno (Democracia Cristã)
    Romualdo Seno (Democracia Cristã)
    0,96%
  • Nenhum/Nulo/Branco
    24,96%
  • Não sabe/Não respondeu
    11,04%
Fonte: Instituto GP1 de Pesquisa

Votos válidos na pesquisa estimulada

Neste cenário, quando são levados em conta apenas os votos válidos, ou seja, quando são excluídos da pesquisa os votos brancos, nulos e os eleitores que se declaram indecisos, Sílvio Mendes segue na liderança, com 43,34%, seguido por Rafael Fonteles, com 26,36%. Iracema Portella vem em terceiro lugar, com 20,38%, depois vem Gessy Fonseca com 5,43%, Washington Bonfim com 2,99% e, em último, Romualdo Seno com 1,49%.

Ficha Técnica

A pesquisa foi realizada nos dias 16, 17, 18 e 19 de novembro, e está sob responsabilidade da estatística Thaynara Thalessa Araújo. Ao todo, foram entrevistados 1.150 eleitores distribuídos em 56 municípios do Piauí, contemplando todas as regiões do estado.

As entrevistas foram feitas de forma presencial em domicílios dos eleitores com idade a partir dos 16 anos, observando os critérios de sexo, faixa etária, grau de instrução e renda familiar.

A margem de erro da pesquisa é de 2,89% para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.