GP1

Madeiro - Piauí

Iracema Portella lamenta assassinato do prefeito Zé Filho

A deputada classificou como trágica a morte do companheiro de partido e disse que está em choque.

A deputada federal Iracema Portella (Progressistas), lamentou na noite deste domingo (28), o assassinato do prefeito de Madeiro, Zé Filho (Progressistas), morto com três tiros enquanto acompanhava uma partida de futebol.

Iracema Portella classificou como trágica a morte do companheiro de partido e disse que está em choque. “Estou em choque com a notícia da morte trágica do prefeito progressista Zé Filho, de Madeiro”, escreveu a deputada em seu Instagram.

Iracema Portella lamentou a morte precoce do gestor e disse que ela e o prefeito estiveram juntos há uma semana conversando sobre planos que Zé Filho tinha para a cidade de Madeiro. “Há uma semana estive lá e tivemos um dia incrível e feliz, pude ver o quanto a cidade estava bem cuidada e conversei com ele sobre projetos e futuro. Muito triste”, lamentou.

Entenda o caso

O prefeito de Madeiro, José Ribamar de Araújo Filho, mais conhecido como Zé Filho (Progressistas), foi assassinado com três tiros na noite deste domingo (28), no município de Madeiro. O principal suspeito de cometer o crime identificado como Felipe Seixas é primo de Zé Filho e sobrinho do ex-prefeito Zé Neto.

Conforme informações repassadas pelo tenente Saboia, o prefeito estava acompanhando uma partida de futebol quando por volta de 18h foi surpreendido pelos disparos, que teriam partido de Felipe Seixas, que estava acompanhado do tio, o ex-prefeito de Madeiro Zé Neto.

O prefeito Zé Filho foi atingido com três tiros, sendo um na cabeça, um no peito e outro no ombro. Ele ainda chegou a ser socorrido e encaminhado ao hospital de Luzilândia, mas não resistiu aos ferimentos.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.