GP1

Teresina - Piauí

Motoristas de ônibus suspendem greve por 90 dias em Teresina

Com a decisão, as frota de ônibus irão circular normalmente nesta terça-feira (16).

Após diversas mesas de negociações e conversas entre empresários e trabalhadores, nesta segunda-feira (15) em audiência pública realizada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT), foi decretado a suspensão da greve dos motoristas e cobradores de ônibus por 90 dias. Com a decisão, as frota de ônibus irão circular normalmente nesta terça-feira (16).

Segundo Ajuri Dias, presidente do Sintetro, vão ser pagos os salários atrasados de janeiro dos motoristas e cobradores. A greve retornará se depois dos 90 dias não houver nenhum acordo em relação a convenção coletiva de trabalho, e o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) vai estar condicionado a fazer o julgamento das contestações dos motoristas e cobradores.

"Eles vão pagar os salários atrasados de janeiro, e nesse período de 90 dias se não tiver nenhum acordo em relação a conveção coletiva de trabalho, a gente volta novamente a fazer greve e o TRT tá condicionado a fazer o julgamento do dissidio coletivo", informou Ajuri Dias.

Foto: Lucas Dias/GP1Ajuri Dias
Ajuri Dias

O presidente também ressaltou que os salários de fevereiro ainda serão negociados pela desembargadora Liana Chaib, devido aos dias de greve que ainda estão para ser analisados. Se for decidido que a greve não é ilegal, serão compensados os salários dos dias de fevereiro.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.