GP1

Polícia

Suspeito de fazer arrastão na casa de auditor fiscal é preso no Mocambinho

A ação policial foi desencadeada pelos policiais do 12º DP, sob coordenação do delegado Canabrava.

Os policiais do 12º DP prenderam na tarde desta quinta-feira (06) um dos quatro suspeitos de realizar um arrastão na residência de um auditor da Sefaz, ocorrido na noite dessa quarta-feira (05), no bairro Jóquei, zona leste de Teresina. Trata-se de Hítalo Santiago Nunis Araújo, monitorado por tornozeleira eletrônica.

De acordo com o delegado Ademar Canabrava, titular do 12º DP, ao tomar conhecimento da denúncia por parte das vítimas, as equipes de investigação do distrito iniciaram as diligências e chegaram até um dos suspeitos no bairro Mocambinho, zona norte de Teresina.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1Delegado Ademar Canabrava, titular do 12º DP
Delegado Ademar Canabrava, titular do 12º DP

“A gente prendeu um deles e os outros já foram identificados. Esse rapaz foi preso no Mocambinho e quando os policiais chegaram lá os outros escaparam. Com ele foram encontrados parte dos objetos roubados, como celulares e joias. Os outros estão com o resto do material e com o carro da família, que foi roubado, mas já estão todos identificados”, pontuou o delegado.

Entenda o caso

Criminosos armados invadiram a casa de um auditor fiscal, renderam ele e a família e fizeram um arrastão na noite dessa quarta-feira (06), por volta de 23h45, no bairro Jóquei, zona leste de Teresina.

Em entrevista ao GP1na manhã desta quinta-feira (06), a esposa do auditor, que não quis ser identificada, relatou os momentos de terror que viveu ao lado da família. Segundo ela, os criminosos conseguiram arrombar o portão para ter acesso à residência. A mulher e as duas filhas foram surpreendidas pelos bandidos em um dos quartos da casa.

Foto: Marcelo Cardoso/GP112º Distrito Policial de Teresina
12º Distrito Policial de Teresina

"Estava eu e minhas duas filhas no quarto assistindo um filme. Meu esposo estava em uma área externa da casa, que é onde ele gosta de ficar. Quando eles chegaram, um estava com uma faca e outro com um revólver. Primeiro eles arrombaram o portão e depois abordaram eu e minhas filhas e mandaram a gente passar tudo", relatou.

De acordo com a vítima, os criminosos conseguiram levar vários objetos da residência e um dos carros da família, um Voyage Prata de placa LWE 7573, que ainda não foi localizado.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.