GP1

Piauí

Prefeitura de Curimatá não está inadimplente, aponta certidão do TCE

A prefeitura enviou ao GP1 certidão de adimplência junto ao TCE válida até o dia 2 de julho de 2021.

A assessoria de comunicação da Prefeitura de Curimatá enviou ao GP1 certidão de adimplência junto ao Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) após decisão do órgão, dessa quarta-feira (10), que determinou o bloqueio das contas.

De acordo com a certidão, até às 12h16, de 9 de junho de 2021, todas as prestações de contas dos últimos 12 meses da Prefeitura Municipal de Curimatá foram protocoladas.

A certidão é válida até 02 de julho de 2021, estando condicionada à verificação de sua autenticidade na internet.

Confira abaixo a certidão de adimplência

Foto: Divulgação/AscomCertidão de Adimplência
Certidão de Adimplência

Entenda o caso

Nesta quarta-feira (09), conselheiros do TCE determinaram o bloqueio de cinco prefeituras, entre elas a de Curimatá, por ausência de documentos na prestação de contas. De acordo com a decisão, o bloqueio ficaria mantido até que os gestores comprovassem a regularização.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.