GP1

Teresina - PI

Policial é condenado a 12 anos de prisão por homicídio em Teresina

O julgamento aconteceu nessa terça-feira (22) e foi presidido pelo juiz Markus Calado Schultz.

O Tribunal Popular do Júri condenou o policial militar reformado Fernando Águido Pinto Santos pelo assassinato de Antônio Carlos dos Santos Nascimento, crime ocorrido em 21 de agosto de 2005 em frente à Churrascaria “Sonho Meu”, localizada na Avenida Ulisses Guimarães, Vila Carolina Silva, bairro Promorar, zona sul de Teresina.

O julgamento aconteceu nessa terça-feira (22) e foi presidido pelo juiz da 1ª Vara do Tribunal Popular do Júri, Markus Calado Schultz, que estabeleceu a pena de 12 anos de reclusão, em regime fechado, e concedeu ao policial o direito de apelar da sentença em liberdade.

De acordo com a sentença, no dia do crime, por volta de 2h da madrugada, acusado e vítima se desentenderam, ocasião em que o policial militar acabou sacando um revólver e efetuando três disparos contra a vítima, que morreu ainda no local. Logo após o fato, Fernando Águido Pinto Santos fugiu.

No decorrer das investigações, a Polícia Civil concluiu que o crime foi motivado por uma desavença que os dois tiveram anos antes, oportunidade em que Antônio Carlos dos Santos Nascimento teria agredido o acusado com várias pauladas.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.