GP1

Teresina - Piauí

Polícia apreende macacos da vereadora Thanandra Sarapatinhas

Em nota, a assessoria da vereadora esclareceu que ela obteve a guarda dos animais em 2018.

O Batalhão de Policiamento Ambiental da Polícia Militar apreendeu nesta quarta-feira (11) dois macacos de propriedade da vereadora Thanandra Sarapatinhas (Patriota). A apreensão se deu após determinação da Central de Inquéritos de Teresina. Os animais, batizados de Chico e Caco foram apreendidos na residência da parlamentar, quando ela não estava em casa.

Em nota, a assessoria da vereadora esclareceu que ela obteve a guarda dos animais em 2018. “A protetora obteve o termo de guarda dos animais em 2018, quando realizava curso de formação do concurso da Polícia do Maranhão. Na época, acompanhou apreensão dos bichos que viviam em situação de maus-tratos. Sensibilizada com a situação, Thanandra Sarapatinhas acolheu os animais em seu sítio na zona rural de Teresina, onde criou ambiente amplo para criação e passou a custear alimentação e tratamento veterinário para eles”, diz a nota.

No momento da apreensão, estava em casa apenas a mãe da vereadora, que não tinha em mãos o documento que comprovava a legalidade da guarda dos macacos. Thanandra Sarapatinhas também se pronunciou nas redes sociais, onde afirmou que vai recorrer da decisão que tirou os animais de sua posse.

“Tenho a documentação, o local dos animais é adequado e eles têm todo o cuidado, então eu espero que tudo seja resolvido logo, porque eu quero meus filhos de volta em casa”, declarou.

Leia a nota enviada pela assessoria da vereadora:

A protetora obteve o termo de guarda dos animais em 2018, quando realizava curso de formação do concurso da Polícia do Maranhão. Na época, acompanhou apreensão dos bichos que viviam em situação de maus-tratos. Sensibilizada com a situação, Thanandra Sarapatinhas acolheu os animais em seu sítio na zona rural de Teresina, onde criou ambiente amplo para criação e passou a custear alimentação e tratamento veterinário para eles.

A vereadora informa que recebeu com surpresa a decisão da Central de Inquéritos para que fosse realizada a apreensão dos animais nesta quarta-feira (11) e também demonstrou preocupação com o local para onde os eles serão realocados, uma vez que já não apresentam condições de serem reinseridos na natureza.

No momento da apreensão, apenas a mãe da vereadora estava na residência e não tinha em mãos o documento que atestava a legalidade da posse dos animais. Thanandra Sarapatinhas irá recorrer da decisão.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.