GP1

Teresina - Piauí

Wilson Brandão diz que Alepi escreve página triste após eleição do TCE

O decano da Alepi pontuou que viu a derrota com tranquilidade e serenidade e lamentou a pressão política.

O ex-secretário de Mineração, Petróleo e Energias Renováveis, deputado estadual e decano da Assembleia Legislativa do Piauí, Wilson Brandão (PP), afirmou nesta quinta-feira (16), após a vitória de Flora Izabel (PT) para o Tribunal de Contas do Estado, que a Alepi escreve “uma página triste em sua história”.

O decano da Alepi pontuou que viu a derrota com tranquilidade e serenidade e que lamentou a pressão política para as desistências dos demais parlamentares. “Estou com muita tranquilidade, muito sereno e só lamento muito que a Assembleia escreve em seus anais, uma página triste em sua história, quando a democracia perde a luta para pressão e para opressão”, destacou o parlamentar.

Foto: Lucas Dias/GP1Deputado Wilson Brandão
Deputado Wilson Brandão

Votos divididos

Além de outros nomes técnicos, a disputa para a vaga do TCE-PI, entre os parlamentares ficou somente entre Flora e Brandão. Ao todo, dos 30 deputados da Casa, 12 votaram no ex-secretário, 17 votaram na petista e um voto em branco.

Além de Flora e Wilson, ainda estavam concorrendo ao cargo os advogados Thiago Normando e Nayara Negreiros, o contador Roosevelt Figueiredo, o procurador-geral do Município de Teresina, Ricardo Teixeira, o auditor do TCE, José de Jesus Cardoso, e o promotor de Justiça, Flávio Teixeira de Abreu Júnior.

Desistências

Os deputados Zé Santana (MDB) e Flávio Júnior (PDT) desistiram de concorrer à vaga horas antes do início da sessão pavimentando a vitória de Flora Izabel ainda no primeiro turno.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.