GP1

Teresina - Piauí

Dr. Pessoa diz que quer assumir bilhetagem do transporte público

Segundo o prefeito, o controle da bilhetagem eletrônica faz parte do Plano B para resolver o problema.

O prefeito Dr. Pessoa marcou para esta quinta-feira (09), às 10 horas, uma coletiva de imprensa para tratar sobre a proposta dos empresários do setor do transporte público e a contraproposta que será apresentada pela Prefeitura de Teresina. Contudo, ele afirmou que quer gratuidade para os estudantes do ensino fundamental e que a bilhetagem ser controlada pelo município.

A expectativa era para um posicionamento, após reunião que aconteceu na manhã desta quarta-feira (08), porém, o prefeito explicou que ainda falta resolver um ponto. “Foi uma reunião para pontuar as coisas, faltou algo pequeno para pontuar, mas já pedi para o secretário de Comunicação para eu dar uma entrevista completa nessa quinta-feira, às 10 horas. Vocês irão tomar conhecimento tanto da proposta dos empresários como da contraproposta da prefeitura”, afirmou Dr. Pessoa.

Foto: Divulgação/AscomReunião aconteceu nesta manhã
Reunião aconteceu nesta manhã

“O principal ponto para resolver é que o transporte coletivo deve funcionar com integração, com transporte qualificado, que tenha internet, ar-condicionado e ônibus de qualidade e em quantidade adequada, dentre outras coisas”, afirmou o prefeito Dr. Pessoa.

Ainda de acordo com o gestor, o prazo para os empresários responderem à contraproposta foi ampliado para 48 horas e não mais 24 horas como foi dito inicialmente. “Estiquei para 48 horas, para eles tomarem uma decisão se aceitam a proposta do prefeito ou se querem conversar, se não nós vamos nos reunir novamente e tomar uma decisão, mas nós queremos saber primeiro se eles vão aceitar a proposta do prefeito”, enfatizou Dr. Pessoa.

Foto: Lucas Dias/GP1Dr. Pessoa
Dr. Pessoa

Questionado sobre qual será o Plano B da prefeitura, caso os empresários não aceitem a proposta, Dr. Pessoa respondeu: “Meu plano B é fazer com que o transporte coletivo da cidade flua corretamente, com integração, com ônibus de qualidade, na sua totalidade, que o alunado do ensino fundamental não pague passagem dentre outras coisas e a bilhetagem ser controlada pelo prefeito”, afirmou o prefeito Dr. Pessoa.

Participaram da reunião de hoje, o vice-prefeito e secretário de Finanças, Robert Rios, o secretário de Planejamento, João Henrique Sousa, o secretário de Governo, André Lopes, o secretário de Administração, Leonardo Silva, o diretor da Eturb, João Pessoa, o superintendente da Strans, Major Cláudio Pessoa, o procurador geral do município, Aurélio Lobão, o procurador Ari Ferreira, membro da comissão de licitação da SEMA, Andréia Lima e os vereadores Jeová Alencar e Dudu (que presidiu a CPI do Transporte Público).

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.