GP1

Curimatá - Piauí

Prefeito de Curimatá decreta situação de emergência após chuvas

O decreto foi assinado pelo prefeito Valdecir Júnior no dia 11 de janeiro e vale por 90 dias.

O prefeito de Curimatá, Valdecir Júnior (Progressistas), decretou situação de emergência no município em virtude de chuvas intensas, alagamentos, enxurradas e inundações. O decreto foi assinado no dia 11 de janeiro e publicado no Diário Oficial dos Municípios (DOM) do dia 12 de janeiro de 2022.

Conforme o prefeito, as fortes chuvas que atingiram o município no dia 10 de janeiro deixaram vários pontos de alagamento. No mesmo dia, dois trechos da PI 256, que liga os municípios de Curimatá e Morro Cabeça do Tempo se romperam, causando vários transtornos aos moradores.

Foto: Reprodução/WhatsAppDois trechos da PI 256 se rompem após fortes chuvas em Curimatá
Dois trechos da PI 256 se rompem após fortes chuvas em Curimatá

O prefeito ressaltou que a grande maioria das pessoas atingidas pelos alagamentos fixaram residência em áreas de risco, como encostas beiras e rios, açudes e lagoas, sendo obrigadas a serem desalojadas e desabrigadas de suas casas.

Desta forma, o prefeito declarou situação de emergência em todo o território de Curimará, em virtude de chuvas intensas, alagamentos, enxurradas e inundações. O decreto já está em vigor e vale por 90 dias.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.