GP1

Teresina - Piauí

Wellington diz que cabe a Dr. Pessoa definir se mantém petistas na PMT

Parte da bancada do PT tem defendido a saída da base aliada de Dr. Pessoa após filiação ao PL.

Em meio a possibilidade real do prefeito de Teresina Dr. Pessoa (MDB) migrar para o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, começou a circular nos bastidores da política a possibilidade da bancada de vereadores do PT da Capital vir a ser orientada a deixar a base do chefe do Palácio da Cidade.

No entanto, em entrevista ao GP1 nesta quinta-feira (20), o governador Wellington Dias (PT-PI), afirmou que apesar de o PL ser um partido de oposição, não há orientação de sua parte para o rompimento da bancada petista com o prefeito. Ele esclareceu que essa questão deve ser tratada pelo próprio Dr. Pessoa. “É o prefeito que tem que tratar [do destino da bancada de vereadores do PT na base da Prefeitura da Capital]”, afirmou Wellington Dias.

Foto: Lucas Dias/GP1Wellington Dias
Wellington Dias

Já a nível estadual, o governador Wellington Dias garantiu que não há como ser firmada uma aliança entre o PL e o PT para as eleições deste ano. “Com a filiação do presidente Bolsonaro, o PL se coloca como um partido da oposição. Nós estamos tratando com os partidos que compõem nacionalmente com o Piauí o nosso campo político. Então aqui a gente trabalha com os partidos que são da base do Governo”, ressaltou o governador do Piauí.

Dr. Pessoa no PL

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, irá a Brasília na próxima semana para receber o comando do Diretório do PL no Piauí diretamente das mãos de Jair Bolsonaro (PL) e do dirigente nacional do partido, Valdemar Costa Neto.

A princípio, o diretor-presidente da Eturb, João Duarte, o Pessoinha, deverá ficar no comando da sigla até que o prefeito deixe oficialmente, o MDB, partido pelo qual ganhou as eleições de 2020, contra Kleber Montezuma (PSDB).

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.