GP1

Teresina - Piauí

Centro é região mais perigosa de Teresina, aponta Guarda Municipal

A Guarda Municipal atendeu 526 ocorrências no Centro da Capital, durante todo o ano de 2021.

Dados divulgados nesta quinta-feira (27) pela Guarda Civil Municipal (GCM) de Teresina apontam a região do Centro como a mais perigosa da Capital. As informações constam no balanço das ações referentes ao ano de 2021, onde foram mapeadas as áreas mais vulneráveis de Teresina.

A GCM atendeu 1.725 ocorrências durante o ano de 2021, sendo 526 no Centro, 404 na zona sul, 335 na zona leste, 292 na zona norte e 168 na zona sudeste. Outubro foi o mês em que a Guarda Municipal mais atendeu ocorrências, um total de 172. Foram registrados 391 crimes contra o patrimônio, 222 crimes contra a pessoa, 252 ocorrências em prédios públicos municipais, 405 ocorrências de auxílio ao cidadão e 230 ocorrências de apoio a outros órgãos. Ao todo, 341 pessoas foram conduzidas à delegacia.

O comandante da GCM, André Viana, ressaltou que os números indicam que a Guarda Municipal está no caminho certo, no sentido de continuar investindo em ações que visem dar maior segurança à população.

Foto: Alef Leão/GP1Comandante da GCM, André Viana
Comandante da GCM, André Viana

“Avaliamos os resultados como bastante satisfatórios, isso nos faz acreditar que estamos no caminho certo e esperamos perseverar na missão para melhor atender a população de Teresina” declarou o comandante.

Apreensões

A Guarda Municipal apreendeu, no decorrer de 2021, 253 veículos e 31 armas de fogo. Segundo o relatório, a maioria das apreensões se deram na região da Santa Maria, zona norte de Teresina, onde foram apreendidos 24 veículos e 3 armas.

Guarda Maria da Penha

Em 2021, a Guarda Maria da Penha realizou 3.137 visitas, prestando assistência a 120 mulheres vítimas de violência doméstica.

Guarda Ambiental

Criada em 2021 com a função específica de atender demandas relacionadas à proteção do meio ambiente, a Guarda Ambiental recolheu 26 animais silvestres, e atuou em 12 parques ambientais e aterros sanitários.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.