Fechar
GP1

Teresina - Piauí

Evaldo Gomes diz que SDD não será ‘partido de aluguel’ para deputados

Evaldo Gomes ressaltou que as novas adesões à sigla ocorrem em coletivo com outros membros do partido.

Durante entrevista à imprensa, nesta sexta-feira (18), após novas filiações, o deputado estadual Evaldo Gomes, descartou a filiação de deputados ao Solidariedade e afirmou que a sigla não servirá como ‘partido de aluguel’.

A declaração do parlamentar foi dada após ele ser questionado sobre a possibilidade de filiação dos deputados Ziza Carvalho e do suplente Paulo Martins, ambos do Partido dos Trabalhadores.

Foto: Lucas Dias/GP1Evaldo Gomes
Evaldo Gomes

“Parece que nesse processo que se dá as filiações e quem quer ser candidato, parece que virou balcão de negócio, Solidariedade não é partido de aluguel, muito menos de balcão de negócio. Temos um projeto consistente, projeto que trabalhamos para eleições, mas não é um projeto que se acaba nas eleições, é um projeto de longo prazo, assim como todos os partidos políticos, queremos também alcançar o poder e a gente alcança o poder começando de baixo, de pouquinho, então quem quer vir para o Solidariedade achando que é uma sigla de aluguel, está enganado”, disse Evaldo.


Evaldo Gomes ainda ressaltou que as novas adesões à sigla não ocorrem somente de forma unilateral, com seu aval e pontou que as filiações ocorrem em coletivo com outros membros que fazem parte do Solidariedade.

“Tenho um carinho e o maior respeito pelo Ziza Carvalho, meu companheiro de parlamento igualmente ao Paulo Martins, mas toda decisão tomada de filiações seja para estadual ou federal há um time que decide, não é só o deputado Evaldo Gomes, é o Caio, o Lobato, nossos amigos que disputam eleição para deputado estadual e federal. Sou apenas o maestro, eu apenas conduzo, mas as decisões são tomadas de forma coletiva, como sempre fizemos”, finalizou.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.