GP1

Cocal - Piauí

Segundo acusado de matar empresária em Piripiri é preso pela PF

Kariane Veras foi morta por criminosos dentro do seu restaurante no último dia 2 de maio.

O segundo suspeito de executar a empresária Kariane Veras, 39 anos, foi preso na manhã deste sábado (07), no município de Cocal, região Norte do Estado do Piauí. Karine Veras foi morta por criminosos dentro do seu restaurante no último dia 2 de maio em Piripiri.

A informação foi confirmada ao GP1 pela Polícia Federal no Piauí (PF-PI). O homem foi preso durante operação da Força Tarefa de Segurança Pública no Piauí realizada em Cocal. Outros dois homens foram presos na mesma operação. Com eles foram apreendidas armas de fogo e muita munição.

Foto: Reprodução/FacebookKariane foi assassinada a tiros em Piripiri
Kariane foi assassinada a tiros em Piripiri

O homem foi encaminhado pelos policiais federais para a delegacia de Polícia Civil do Piauí, para os procedimentos cabíveis ao caso.

Primeiro suspeito foi preso pela PM

O primeiro acusado de assassinar a empresária Kariane Veras em Piripiri, foi preso no final da manhã da última terça-feira (03), na zona rural do município de Piracuruca, distância 208 km de Teresina.

Segundo a Polícia Militar do Piauí, o suspeito foi preso após uma longa perseguição policial em uma área de mata. O homem chegou a trocar tiros com os policiais, mas acabou sendo alcançado e capturado pelos PMs.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.