GP1

Teresina - Piauí

Polícia Federal deflagra 2ª fase da Operação Restituere no Piauí

Operação Restituere visa combater fraudes para aquisições de armas de fogo no Piauí e Maranhão.

A Polícia Federal deflagrou nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira (01), a segunda fase da "Operação Restituere", com objetivo de combater fraudes para aquisições de armas de fogo nos estados do Piauí e Maranhão.

Conforme informações repassadas pela Polícia Federal, foi cumprido um mandado de prisão preventiva, 11 mandados de busca e apreensão e quatro mandados de afastamento das funções, todos expedidos pela 1ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Piauí. As ordens judiciais estão sendo cumpridas em Teresina/PI e na cidade de Caxias/MA.

Foto: Divulgação/PFPolícia Federal deflagra 2ª fase da Operação Restituere
Polícia Federal deflagra 2ª fase da Operação Restituere

O mandado de prisão preventiva foi cumprido em desfavor da despachante responsável pelas fraudes administrativas constatadas. Também foram apreendidas as armas de fogo adquiridas ilegalmente com base em documentos falsificados. Os quatro mandados de afastamento das funções foram cumpridos em desfavor de um contador, dois instrutores de tiro e uma funcionária terceirizada.

Foto: Divulgação/PFMaterial apreendido pela PF
Material apreendido pela PF

Investigação

A investigação teve início em 2020, com objetivo de apurar possíveis fraudes perpetradas em processos administrativos para aquisição de armas de fogo, no âmbito da Superintendência de Polícia Federal no Piauí. A primeira fase da operação foi deflagrada em 17/09/2021, quando foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em Teresina.

Crimes

Os suspeitos poderão responder pelos crimes de falsificação e uso de documentos falsos, corrupção ativa e passiva, além de posse ou porte ilegal de arma de fogo e associação criminosa.

Operação Restituere

O nome da operação significa “restituir por inteiro” e “devolver a coisa no seu estado primitivo” e refere-se ao objetivo principal das investigações, que foi recuperar as armas adquiridas por meio fraudulento.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.