Fechar
GP1

Teresina - Piauí

Renato Berger contraria PSD e declara: "eu vou votar no Dr. Pessoa"

Berger disse que vai trabalhar pela reeleição de Dr. Pessoa, apesar do seu partido apoiar Fábio Novo.

O vereador licenciado e secretário municipal de Esporte e Lazer, Renato Berger, conversou com o GP1 na manhã dessa terça-feira (16) a respeito das eleições de 2024 e a situação dentro do seu atual partido, o PSD. Durante a conversa, o parlamentar declarou que vai trabalhar pela reeleição de Dr. Pessoa, apesar do PSD ter declarado apoio à pré-candidatura de Fábio Novo (PT).

“Eu tenho dito sempre para o eleitorado, para a população de Teresina que eu vou votar no Dr. Pessoa por uma questão de gratidão a ele, pela maneira como fui tratado e por fazer parte da gestão dele. Então, não posso pegar agora e sair da gestão do Dr. Pessoa, não faria isso de jeito nenhum. Vou votar no Dr. Pessoa, o partido sabe, o governador sabe, eu me dou com o governador, votei no governador, sou amigo dele, e ele entendeu minha posição. Se vetarem meu nome no PSD, não quiserem que eu seja candidato lá, aí o jeito é eu sair de lá”, disse Renato Berger.

Foto: Alef Leão/GP1Renato Berger, Secretário de Esportes e Lazer de Teresina
Renato Berger, Secretário de Esportes e Lazer de Teresina

Além disso, o secretário deixou claro que o impasse com o presidente municipal da sigla, vereador Vinício Ferreira, persiste, mas que o dirigente a nível estadual, deputado federal Júlio César, lhe dá respaldo para permanecer.

“Pretendo buscar a reeleição, se possível no meu partido, o PSD, partido em que me elegi e que tenho gratidão e que sou amigo dos dirigentes. Há uma resistência por parte do vereador Vinício, que acha eu não devo estar lá, mas eu tenho o aval do deputado Júlio César, estou bem lá e pretendo ficar lá”, disse Renato Berger.


O secretário municipal evidenciou também que o respaldo do deputado Júlio César vai além, permitindo-lhe até votar de maneira oposta a do partido. “Eu pretendo ficar no PSD, votando no Dr. Pessoa. Já conversei com o deputado Júlio César, ele me entendeu. Já houve casos como esse [dentro do PSD], na eleição passada para governador, [quando] o vereador Ismael Silva votou no Sílvio Mendes e o partido votou no Rafael Fonteles e eu acompanhei o partido. Então, nessa eleição, acho que tenho esse direito de optar pela questão do Dr. Pessoa, porque foi o próprio partido que me levou para a gestão do Dr. Pessoa”

Convite do PRD

Por fim, Renato Berger falou a respeito da proposta de um partido que ele considera ter uma chapa “muito boa e competitiva” e para a qual ele pode agregar, o Partido Renovação Democrática (PRD).

“De qualquer maneira, eu tenho outro partido que me convidou, que só tem amigos e que a gente estuada a possibilidade, que é o PRD. A sigla já tem quatro vereadores, se eu fosse pra lá, seriam cinco, dois suplentes fortes, que são a Graça Amorim e o Inácio Carvalho, além de vários secretários que pretendem ser candidatos por lá. Então, eles estão montando uma chapa muito boa e competitiva”, avaliou o secretário municipal de Esportes.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.