Fechar
GP1

Teresina - Piauí

É incoerente Luciano Nunes ficar no comando do PSDB, afirma Edson Melo

“O ex-senador quer esse controle total do PSDB Estadual, para efetivar a pré-candidatura”, disse.

O presidente do PSDB de Teresina, vereador Edson Melo, considera uma incoerência o fato de o ex-deputado estadual Luciano Nunes continuar no comando do partido a nível do Piauí, mesmo tendo declarado apoio ao pré-candidato a prefeito adversário, o deputado estadual Fábio Novo (PT).

Edson explicou que após ser resolvido esse impasse, o ex-senador João Vicente Claudino, pré-candidato a prefeito de Teresina pelo PSDB, terá garantias para colocar o grupo nas ruas para o corpo a corpo com os teresinenses.

Foto: Lucas Dias/GP1Edson Melo
Edson Melo

"O ex-senador tem dito que quer esse controle total da situação política do PSDB Estadual, para efetivar a pré-candidatura. De certa forma é uma incoerência porque estamos com um pré-candidato próprio, mas o presidente do Diretório Estadual [Luciano] apoia outra pré-candidatura [de Fábio Novo]”, disse Edson Melo.


O presidente do Diretório Municipal da sigla tucana afirmou que todo o grupo está confiante no cumprimento da palavra do dirigente nacional do ninho tucano, Marconi Perillo, de que João Vicente terá todo o apoio nacional para prosseguir com o projeto majoritário da legenda.

“Estamos confiantes na palavra de Marconi Perillo, de já termos essa garantia [de ter o comando do PSDB Estadual]. Queremos é que isso realmente se efetive”, finalizou Melo.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.