GP1

Piauí

Ministério Público Federal abre inquérito para investigar nomeação de filha do reitor do IFPI

O inquérito foi instaurado pelo procurador da República Marco Aurélio Adão através da portaria n°63, de 20 de agosto, para apurar possível nepotismo.

O procurador da República, Marco Aurélio Adão, instaurou inquérito civil público para apurar a nomeação em 26 de agosto de 2010, de Darlem Juliana Silva Santana, filha do Reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI), Francisco das Chagas Santana, para o cargo em comissão de Chefe do Departamento de Extensão Tecnológica do IFPI, configurando possível nepotismo vedado pela Súmula Vinculante nº 13 do Supremo Tribunal Federal.

Imagem: ReproduçãoProfessor Santana, Reitor do IFPI(Imagem:Reprodução)Professor Santana, Reitor do IFPI

O procedimento teve origem em representação do Sindicato dos Professores do CEFET (SINDICEFET)

O inquérito foi instaurado através da portaria n°63, de 20 de agosto de 2012.

Curta a página do GP1 no facebook: http://www.facebook.com/PortalGP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.