GP1

Piauí

Marcado julgamento de vigia acusado de matar homem em Teresina

A audiência será realizada na Sala das Audiências do Fórum Desembargador Joaquim de Sousa Neto, no dia 13 de abril.

O juiz de direito Antônio Reis de Jesus Nollêto, titular da 1ª Vara do Júri da comarca de Teresina, marcou para o dia 13 de abril a audiência de instrução e julgamento de Francisco de Sousa, vigilante acusado de matar Thiago Lima Furtado no ano passado em Teresina.

A audiência será realizada na Sala das Audiências do Fórum Desembargador Joaquim de Sousa Neto, localizado no bairro Cabral, zona norte de Teresina. Na ocasião será definido se o réu vai ou não a julgamento pelo Júri Popular.

Thiago Lima Furtado vivia em situação de rua e foi assassinado com uma facada no peito no dia 16 de abril de 2019, na Praça João Luís Ferreira, Centro de Teresina. Francisco de Sousa foi preso pela Polícia Civil do Piauí no dia seguinte.

O acusado ficou preso até novembro de 2019, quando o juiz Antônio Nollêto concedeu sua liberdade provisória.

Entenda o caso

Thiago Lima Furtado tinha 32 anos quando foi assassinado com uma facada no tórax na noite de 16 de abril de 2019, na Praça João Luís Ferreira, localizada no Centro de Teresina. Na época, o delegado Walter Cunha, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), afirmou que Francisco de Sousa, ao ser preso, confessou ter praticado o homicídio e ainda alegou ter sofrido ameaças por parte de Thiago.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Morador de rua é morto com facada no tórax no centro de Teresina

Vigia é preso acusado de assassinar morador de rua em Teresina

Juiz manda soltar vigia acusado de matar morador de rua em Teresina

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.