GP1

Piauí

Travesti é morta a facadas ao tentar defender a mãe durante briga no Piauí

Segundo a PM, a jovem foi morta com dois golpes de faca e sua mãe ficou gravemente ferida com uma facada no pescoço.

Uma jovem travesti conhecida popularmente como "Lupita" morreu após ser esfaqueada na noite desta quinta-feira (07), ao tentar defender sua mãe durante uma briga na cidade de São João do Arraial.

Segundo informações repassadas pelo sargento César Lopes, da Polícia Militar, por volta das 20h30 uma guarnição da PM foi acionada com as informações de que estava acontecendo uma discussão numa residência localizada no bairro Liberdade, em São João do Arraial.

Foto: Reprodução/WhatsAppLupita, morta a facadas no Piauí
Lupita, morta a facadas no Piauí

Chegando no local da ocorrência a polícia encontrou uma mulher identificada como Franci Lúcia, que seria a dona da residência, coberta de sangue com uma perfuração de faca no pescoço. Nesse momento os policiais entraram na residência e perceberam que uma jovem travesti, de nome social Lupita estava morta dentro de um quarto, com duas marcas de perfurações, também de arma branca.

“Moradores, ao ouvir a confusão, ligaram para a polícia e nós fomos até a residência. Chegando lá encontramos ela do lado de fora, a dona Franci Lúcia, toda ensanguentada com uma furada no pescoço. Quando nós entramos dentro de casa já encontramos sua filha, que era uma travesti, dentro do quarto já morta com duas perfurações.”, detalhou o sargento.

A mulher ferida foi conduzida ao Hospital Estadual Júlio Hartman, na cidade de Esperantina e já se encontra fora de risco. O Instituto de Medicina Legal (IML) esteve no local para a fazer a remoção do corpo de Lupita.

Ainda conforme o sargento, o principal suspeito de cometer o crime é o esposo de dona Franci Lúcia. Segundo ele, a família já tinha histórico de discussões. O suspeito empreendeu fuga e a polícia ainda segue em diligências a fim de localizá-lo.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.