GP1

Piauí

Advogado Celso Barros Neto é reeleito presidente da OAB no Piauí

Três chapas estavam na disputa. Celso Barros vai comandar a OAB-PI durante o triênio 2022-2024.

Lucas Dias/GP1 1 / 12 Celso Barros Neto Celso Barros Neto
Davi Fernandes/GP1 2 / 12 Advogados após votação Advogados após votação
Davi Fernandes/GP1 3 / 12 Advogados na sede da OAB Advogados na sede da OAB
Davi Fernandes/GP1 4 / 12 A eleição aconteceu neste domingo A eleição aconteceu neste domingo
Davi Fernandes/GP1 5 / 12 A votação era acompanhada na sede da OAB A votação era acompanhada na sede da OAB
Davi Fernandes/GP1 6 / 12 Advogados acompanharam a votação Advogados acompanharam a votação
Davi Fernandes/GP1 7 / 12 Apoiadores da chapa 1 Apoiadores da chapa 1
Davi Fernandes/GP1 8 / 12 O presidente deve comandar a OAB no próximo triênio O presidente deve comandar a OAB no próximo triênio
Davi Fernandes/GP1 9 / 12 Advogados votaram neste domingo Advogados votaram neste domingo
Divulgação/Ascom 10 / 12 Celso Barros Neto Celso Barros Neto
Divulgação/Ascom 11 / 12 Celso Barros Neto foi reeleito Celso Barros Neto foi reeleito
Divulgação/Ascom 12 / 12 Celso Barros Neto é reeleito presidente da OAB Celso Barros Neto é reeleito presidente da OAB

O advogado Celso Barros Neto foi reeleito presidente da Ordem dos Advogados do Brasil- Seccional Piauí (OAB-PI), na noite deste domingo (21). Ele vai comandar a OAB no Piauí durante o triênio 2022-2024. Ele venceu o candidato Raimundo Júnior por 59 votos de diferença.

Três chapas disputavam a presidência da OAB-PI. Além da “Chapa 3- Pra Seguir Em Frente”, do presidente reeleito Celso Barros, a “Chapa 1- OAB de Verdade” encabeçada pelos candidatos Raimundo Júnior e Naiara Moraes e a “Chapa 2- Coragem para Mudar”, que tinha como candidatos Carlos Henrique e Nara Letícia, também estavam concorrendo a diretoria da Ordem.

Celso Barros foi reeleito com 3.029 votos (37,79% dos votos válidos). O advogado Raimundo Júnior ficou em segundo lugar, com 2.970 votos (36,79%), e em terceiro lugar ficou o advogado Carlos Henrique, com 1.847 votos (22,88%). Foram contabilizados ainda 98 votos em branco e 127 nulos (2,81% dos votos).

A post shared by OAB Piauí (@oabpiaui)

“Estamos felizes com o resultado. Quero agradecer primeiramente a Deus, à minha família e a todos os advogados e advogadas, de norte a sul do Piauí, que nos apoiaram e nos ajudaram a chegar aqui. A nossa trajetória foi árdua, de muita dedicação e uma longa caminhada. A pandemia foi um fato e um período muito difícil para todos nós e, mesmo assim, a Advocacia entendeu que nos esforçamos. Continuaremos o nosso trabalho e seguiremos em frente. Temos inúmeros projetos e ações em prol da Advocacia e da sociedade para serem executados pelos próximos três anos”, declarou Celso Barros Neto.

A eleição começou 9h deste domingo e acabou 18h. Mais de 10 mil advogados estavam aptos a votar na seccional em Teresina e em mais 15 subseções, distribuídas nas cidades do interior do Piauí.

Perfil

Celso Barros é advogado militante e Procurador do Estado do Piauí, concursado. É Bacharel em Direito pela UFPI; Pós-Graduado em Direito Constitucional (UFPI); Especialista em Direito Público e Privado pela Escola Superior da Magistratura-PI e Pós-graduado em Direito Administrativo (Universidade de Salamanca-Espanha). É membro do Instituto dos Advogados Piauienses (IAP) e da Associação de Direito Processual (ABDPRO).

Antes de chegar a Conselheiro Federal da OAB, cargo que exerceu na última gestão (2016-2018), foi Conselheiro Seccional, Secretário-Geral da OAB-PI e participou de várias Comissões, chegando a presidir a Comissão de Estágio e Exame de Ordem e a Comissão de Esportes.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.