GP1

Piauí

Ministério Público abre duas investigações contra o prefeito de União

Procedimentos foram abertos nas áreas cível e criminal após reportagem publicada no Portal GP1.

Após reportagem publicada pelo GP1, no dia 05 de abril, intitulada "Prefeito Gustavo Medeiros contrata editora por R$ 934 mil sem licitação", o Ministério Público do Estado do Piauí, através das duas promotorias de União, vai instaurar procedimentos nas áreas cível e criminal para investigar a contratação da empresa Editora Aprende Brasil Ltda.

A empresa foi contratada pelo prefeito de União, Gustavo Medeiros, para aquisição do sistema de ensino Aprende Brasil para atender às necessidades das turmas de 2º, 5º e 9º ano do Ensino Fundamental do município. O sistema inclui livros didáticos, assessoria pedagógica, avaliação externa de aprendizagem e sistema de monitoramento educacional do Brasil.

Foto: Reprodução/FacebookGustavo Medeiros
Gustavo Medeiros

O valor do contrato é de R$ 934.419,20 (novecentos e trinta e quatro mil, quatrocentos e dezenove reais e vinte centavos) e foi feito através de inexigibilidade de licitação. A vigência é de 12 meses.

Os promotores Luís Antonio França Gomes, da 1ª Promotoria de Justiça de União, e Renata Marques Rodrigues Silva, da 2ª Promotoria de União, vão instaurar, respectivamente, procedimentos Cível e Criminal, para investigar a contratação em ambas as promotorias.

"Serão instaurados procedimentos em ambas as promotorias de União, sendo averiguado o fato tanto no âmbito civil e administrativo, quanto no âmbito criminal", informou a 1ª Promotoria de União.

Outro lado

Procurado pelo GP1, na manhã desta quinta-feira (08), o prefeito não foi localizado.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.