GP1

Polícia

Divulgados os nomes dos presos com uma tonelada de cocaína em Teresina

Além do entorpecente, a Polícia Civil do Piauí ainda encontrou com os criminosos mais de R$ 10 mil em dinheiro vivo.

Marcelo Cardoso/GP1 Documentos Documentos
Marcelo Cardoso/GP1 Titilo de eleitor e Cpf  dos presos Titilo de eleitor e Cpf dos presos
Marcelo Cardoso/GP1 Documentos dos presos Documentos dos presos
Marcelo Cardoso/GP1 Documento de identificação Documento de identificação
Marcelo Cardoso/GP1 Documentos dos presos em operação Documentos dos presos em operação
Marcelo Cardoso/GP1 Coordenador do GRECO, delegado Tales Gomes Coordenador do GRECO, delegado Tales Gomes
Marcelo Cardoso/GP1 Delegado titular da DEPRE, Cadena Júnior Delegado titular da DEPRE, Cadena Júnior
Marcelo Cardoso/GP1 Cocaína apreendida em operação Cocaína apreendida em operação
Marcelo Cardoso/GP1 Preso na operação Preso na operação
Marcelo Cardoso/GP1 Fábio Abreu Fábio Abreu
Divulgação/GRECO Suspeitos presos pelo GRECO com cocaína em Teresina Suspeitos presos pelo GRECO com cocaína em Teresina
Divulgação/GRECO Mais dois alvos presos com cocaína pelo GRECO Mais dois alvos presos com cocaína pelo GRECO
Documentos
Titilo de eleitor e Cpf  dos presos
Documentos dos presos
Documento de identificação
Documentos dos presos em operação
Coordenador do GRECO, delegado Tales Gomes
Delegado titular da DEPRE, Cadena Júnior
Cocaína apreendida em operação
Preso na operação
Fábio Abreu
Suspeitos presos pelo GRECO com cocaína em Teresina
Mais dois alvos presos com cocaína pelo GRECO

A Secretaria de Segurança Pública do Estado do Piauí (SSP-PI), divulgou na noite desta terça-feira (10), as identificações dos sete homens presos acusados de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Além das prisões, foi realizada a apreensão mais de uma tonelada de cocaína.

Os suspeitos tratam-se de André Luís de Oliveira Cajé Ferreira; Alexandre Vagner Ferraz; Alexandro Vilela de Oliveira; Vagner Farabote Leite; Renato Solon Gondim Magalhães; João da Cruz Marques e Alexandre Barros Pereira de Meneses.

Dos integrantes do grupo, três eram pilotos de avião e um piloto de helicóptero. “Com os presos, foram apreendidas duas aeronaves, um helicóptero e um avião, sabemos que entre eles temos os pilotos, não encontramos armamentos com eles, mas encontramos na faixa de R$ 10 a R$ 12 mil em espécie que estavam com eles”, informou o secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu.

Droga iria para Fortaleza

Em entrevista à imprensa nesta terça-feira (10), o coordenador do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), delegado Tales Gomes informou que o destino de uma tonelada de cocaína apreendida em Teresina tinha como destino a cidade Fortaleza, capital do Ceará.

“Conseguimos informações de que era um grupo criminoso voltado para crimes contra instituições bancárias. Muitas movimentações em dinheiro chamaram a atenção, mas com as investigações comprovamos que tinham uma compra de um sitio e a limpeza do local para ser feito um pouso de um helicóptero. Então comprovamos que era droga, acionamos a DEPRE e hoje pela manhã fizemos uma busca próximo a UESPI e encontramos grande parte das drogas, também apreendemos mais um dos suspeitos na Avenida João XXIII e descobrimos que aeronaves estavam em um aeroporto particular para, em seguida, embarcar o material e levar para Fortaleza”, informou.

Origem do entorpecente

Segundo o delegado Cadena Júnior, titular da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes – DEPRE, as investigações vão apontar a origem do material apreendido, pois diante da grande quantidade de drogas, dificilmente, o entorpecente seria para atender o mercado consumidor local.

“Essa droga normalmente é originária ou da Bolívia ou da Colômbia, mas isso vai ser fruto de investigação. Nesse primeiro momento, o Greco conseguiu identificar indivíduos que estavam aqui trazendo contrabando, pois se achava que era contrabando de pedras preciosas, mas viram que poderia ser de entorpecentes, por isso houve a convocação da DEPRE e do BOPE. Foram feitas as prisões e apreensões e, a partir de agora, vai começar em si a investigação sobre o tráfico de entorpecentes pela DEPRE, para localizar de onde se originou essa droga”, explicou o delegado Cadena Júnior.

Entenda o caso

Equipes do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Piauí, Divisão de Operações Especiais (DOE) e Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (DEPRE) realizaram a apreensão de quase uma tonelada de cocaína na tarde desta terça-feira (10) no bairro Pirajá, zona norte de Teresina.

De acordo com o informado pela Secretaria de Segurança Pública do Estado do Piauí (SSP-PI), à imprensa, além das drogas foram realizadas prisões de sete pessoas na zona Norte da capital.

Além da droga, a Polícia Civil também conseguiu apreender dois helicópteros que foram utilizados para transportar o entorpecente.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Cocaína apreendida pelo GRECO seria levada para Fortaleza

Greco apreende quase uma tonelada de cocaína em Teresina

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.