GP1

Polícia

Adolescentes de Teresina são executadas e enterradas em Timon

Imagens das jovens, sujas de sangue dentro da cova onde foram encontradas, circularam em grupos de WhatsApp.

Duas adolescentes de Teresina, identificadas como Maria Eduarda, 17 anos, e Joyce Ellen, 15 anos, foram encontradas mortas e enterradas dentro de uma cova, na manhã deste domingo (21), em uma área de matagal, no bairro Parque Aliança, localizado na cidade de Timon.

Em entrevista ao GP1, o comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), tenente-coronel Araújo, informou que a suspeita inicial da PM é de que as vítimas possuíam envolvimento com facções criminosas e que foram levadas de Teresina para a cidade maranhense por algum grupo rival para serem executadas e enterradas.

Foto: Reprodução/WhatsAppLocal onde os corpos foram encontrados
Local onde os corpos foram encontrados

“Achamos esses corpos, a ocorrência trata-se de um achado de cadáveres, que estavam em uma cova rasa. Suspeitamos que elas não são aqui de Timon e que são de Teresina, possivelmente alguma facção de Teresina trouxe as duas para cá, para que fossem executadas e enterradas. Essa área onde encontramos as jovens, é uma área de matagal”, detalhou.

O sargento Geovanni, do 7º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Timon, que fez a remoção dos corpos, confirmou a identificação das duas vítimas. Ele relatou que a PM inicialmente encontrou o local da cova e solicitou auxílio para a retirada.

“Nós fomos acionados pela PM, eles tinham avistado o local onde estavam os corpos e nós realizamos o trabalho de retirada, com pá e inchada. Após tirarmos as duas, soubemos que elas foram identificadas como Maria Eduarda, de 17 anos e a outra trata-se de Joyce Ellen, de 16 anos”, disse.

Imagens das jovens, sujas de sangue dentro da cova onde foram encontradas, circularam em grupos de WhatsApp na manhã de hoje. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Teresina confirmou ao GP1 que a mãe de uma das jovens foi até a delegacia, porém o caso está sob investigação da Polícia Civil do Maranhão.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.