GP1

Polícia

DHPP registra seis homicídios em apenas 24 horas em Teresina

Todos os casos estão sendo investigados pelo DHPP.

Em apenas 24 horas, a violência voltou na cidade de Teresina, que registrou seis homicídios. Os crimes ocorreram nas zonas sul, leste e norte da Capital entre quarta-feira (21) e quinta-feira (22). Todos os casos estão passando por investigações do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Os casos foram acompanhados pelo GP1 e aconteceram nos bairros Vila Bandeirantes III, Vila Meio Norte, Parque Afonso Gil e Mocambinho. Somente na zona leste foram três pessoas vítimas de morte violenta.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1Dhpp
Dhpp

Dia 21 de abril

Na noite de quarta-feira (21), um jovem identificado como Carlos Henrique Silva Ferreira, mais conhecido como “Tiririca”, de 18 anos, foi executado com 12 disparos de arma de fogo na Avenida Dom Bosco, na Vila Bandeirantes III, zona leste de Teresina.

Segundo informações do DHPP, o jovem foi morto por volta de 19h30 na Rua Dom Bosco. Dos 12 tiros, quatro disparos foram na cabeça.

Carlos Henrique tinha passagens pela polícia e morreu no local do crime. Os suspeitos da execução não foram identificados ou localizados pela polícia. O 5º Batalhão de Polícia Militar do Piauí foi acionado e iniciou diligências atrás dos acusados.

Foto: Fábio Wellington/GP1Departamento de Homicídios (DHPP)
Departamento de Homicídios (DHPP)

Dia 22 de abril

Nessa quinta-feira (22), em poucas horas ocorrem os demais homicídios em Teresina. O primeiro caso foi registrado na Vila Meio Norte, região do bairro Pedra Mole, na zona leste de Teresina, onde o dono de um bar identificado como Giltônio Rocha Maia foi assassinado com pelo menos oito disparos de arma de fogo.

Segundo o delegado Divanilson Sena, a vítima era comerciante e estava limpando uma área de estabelecimento quando foi surpreendida pelos suspeitos, que ainda não foram identificados.

Foto: Lucas Dias/GP1Comoção após assassinato da Vila Meio Norte
Comoção após assassinato da Vila Meio Norte

Já na noite de ontem, Mauro Julio de Souza Ferreira, de 42 anos, foi assassinado com vários disparos de arma de fogo na Vila Bandeirante III. De acordo com o subtenente Cândido, do 5 ° Batalhão da Polícia Militar do Piauí, o homem estava sendo perseguido por quatro criminosos que estavam em um carro Siena branco. Eles atiraram várias vezes contra a vítima, que morreu no local por crime.

Zona sul de Teresina

Ainda na noite de ontem (22), o líder comunitário Márcio Leonel Mendes, 35 anos, e o motorista de aplicativo Jeferson Nogueira Lacerda, 27, foram assassinados a tiros no Parque Afonso Gil, zona sul de Teresina. Márcio Leonel, mais conhecido como Léo, era presidente da associação de moradores de bairro.

Uma equipe do GP1 esteve no local onde ocorreu o crime e apurou, junto com as testemunhas, que Leonel e Jeferson estavam sentados na frente de uma residência junto de algumas mulheres quando um carro de cor prata se aproximou, de onde saiu um homem anunciando assalto e acabou efetuando os disparos. O primeiro atingido foi o líder comunitário Léo, que morreu instantaneamente. Jeferson ainda conseguiu correr, mas também acabou sendo alvejado.

Foto: DivulgaçãoMárcio Leonel e Jefferson Nogueira Lacerda
Márcio Leonel e Jefferson Nogueira Lacerda

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada e isolou a cena do crime. De acordo com o cabo Osano, que atendeu a ocorrência, as vítimas tentaram reagir ao assalto, e uma delas chegou a dizer que conhecia o criminoso. "Esses dois jovens estavam na calçada, quando chegou um carro com os mesmos para efetuar o assalto de celular. Segundo populares, eles reagiram, não quiseram entregar o celular e houve os disparos, um tentou correr e foi criado. Um deles disse que conhecia o assaltante ", afirmou.

Bairro Mocambinho

Um homem identificado como Pedro Alex Rodrigues Leite da Silva, de 38 anos, foi assassinado com um golpe de faca no peito no final da noite desta quinta-feira (22), em frente a Praça da Telemar, no bairro Mocambinho, zona norte de Teresina.

Foto: Divulgação/PMMauro Júlio
Mauro Júlio

Os policiais do 9º Batalhão da Polícia Militar do Piauí foram acionados por volta das 23h e quando chegaram ao local constataram que o homem já estava morto. A PM fez o isolamento da área até a realização da perícia criminal. O suspeito se evadiu do local e ainda não foi identificado pela polícia.

Familiares da vítima, que morava no bairro de Mocambinho II, compareceram ao local e acompanham os trabalhos dos policiais.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.