GP1

Política

Assessor do Governador do Piauí é denunciado a Justiça Federal pelo Ministério Público

Alcino Pereira de Sá foi nomeado pelo governador Wilson Martins no dia 10 de janeiro de 2011 para exercer o cargo de assessor técnico III, símbolo DAS-4, da Secretaria de Governo.

 

Imagem: ReproduçãoClique para ampliarAlcino Sá(Imagem:Reprodução)Alcino Sá

O Assessor da Secretaria de Governo e ex-prefeito de Landri Sales, Alcino Pereira de Sá, foi denunciado, no dia 30 de agosto, pelo Procurador da República, Tranvanvan da Silva Feitosa, por Crime de Responsabilidade do Decreto Lei 201/67.

A ação tramita na 3ª Vara Federal. Alcino Pereira de Sá foi prefeito por 05 mandatos e responde a uma enxurrada de ações por improbidade na Comarca de Landri Sales. Foi condenado, em novembro de 2010, por imbrobidade administrativa a ressarcir R$ 81.148,46 referentes ao combustível comprado sem licitação e ainda teve os direitos políticos cassados.

A ação está em grau de recurso no Tribunal de Justiça. O ex-prefeito também foi condenado em ação penal julgada em 06 de dezembro de 2010 a 06 meses de detenção.

Na Justiça Federal responde a uma outra ação por improbidade administrativa.

Alcino Pereira de Sá foi nomeado pelo governador Wilson Martins no dia 10 de janeiro de 2011 para exercer o cargo de assessor técnico III, símbolo DAS-4, da Secretaria de Governo.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.